Jornal afirma que Neymar não foi para o PSG por 'ambição do pai'

Neymar assinou na semana passada a renovação com Barcelona.

O jornal francês “L’Équipe” revelou, nesta terça-feira, que o craque brasileiro Neymar esteve muito perto de se transferir para o Paris Saint-Germain. Ele só não se transferiu, diz o veículo impresso, porque foi “traído pela ambição do pai”.

O PSG estava disposto a pagar 190 milhões de euros (cerca de R$ 647 milhões), valor da antiga multa rescisória, ao Barcelona e ofereceu a Ney um salário de 15 milhões de euros (cerca de R$ 51 milhões) anuais e mais vantagens: um jatinho particular e uma rede de hotéis com o nome do brasileiro.

Tudo caminhava para um desfecho positivo, diz a publicação, com o presidente do PSG Nasser Al-Khelaifi já pronto para viajar a São Paulo.

O pai de Neymar, seu Neymar, quis ficar a frente da negociação e pediu ao PSG um salário de 35 milhões de euros (cerca de R$ 119 milhões) por ano e que assumisse a dívida ao fisco de 45 milhões de euros (cerca de R$ 153 milhões). Os franceses até toparam pagar o salário, mas acharam a outra exigência absurda. Por isso, desistiu da negociação.

Neymar assinou na semana passada a renovação de contrato com o Barcelona até 2021.

Neymar  (Crédito: Reprodução)
Neymar (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Jornal Extra