Jornalistas da BBC são detidos no Catar por reportagem sobre Copa

A Fifa irá investigar o que realmente aconteceu.

Uma equipe de reportagem da BBC, composta por um repórter Mark Lobel, um câmera, e um tradutor, foram até o Catar para falar sobre as condições de trabalho para imigrantes nas obras da Copa do Mundo de 2022. No entanto, todos acabaram detidos.

Image title

De acordo com informações, a equipe foi cercada por oito carros brancos e, em seguida, foram levados e enterrogados separadamente. Para os jornalistas, disseram que se tratava de procedimentos para 'garantir' a 'segurança nacional'. 

"Aqui não é a Disneylândia. Vocês não podem usar a câmera em qualquer lugar", disse um dos policiais.

Os policias haviam acompanhado todo o trabalho desenvolvido pela equipe, inclusive mostraram fotos para os profissionais de todo o monitoramento realizado enquanto a equipe esteve  trabalhando.

Todos foram levados para prisão e ficaram lá por cerca de dois dias. Além disso, foram ameçados de ficar mais 4 dias detidos. Os equipamentos não foram devolvidos e a equipe teve de se juntar aos outros jornalistas para fazer o tour de imprensa. 

O Catar já se manifestou sobre o que aconteceu com a equipe da BBC e alegou que os jornalistas "violaram propriedades privadas, algo que é contra a lei no Catar e em muitos outros países". A Fifa irá investigar o que realmente aconteceu. 

Fonte: Com informações do Terra