Juízes são presos por receberem supostos favores sexuais na Ásia

Agora, os três homens aguardam uma primeira audiência.

O árbitro Ali Sabbagh e os assistentes Ali Eid e Abdallah Taleb, todos libaneses, foram presos e acusados formalmente de corrupção nesta sexta-feira. As informações são do governo de Cingapura, onde foi disputado o jogo investigado.

Segundo a Justiça cingapuriana, o trio recebeu "favores sexuais" de três mulheres para alterar o resultado da partida entre East Bengal, da Índia, e Tampines Rovers, da Indonésia, na última quarta-feira. A equipe indiana acabou vencendo, por 4 a 2. Os investigadores não revelaram, no entanto, quem são os corruptores do caso.

Agora, os três homens aguardam uma primeira audiência, marcada para o próximo dia 10, onde poderão entrar com um pedido de fiança. Caso sejam condenados, eles podem pegar até cinco anos de cadeia, além de arcarem com uma multa de US$ 81 mil (cerca de R$ 163 mil) cada um. Ali Eid, um dos assistentes, tinha uma audiência inicial marcada já para esta sexta-feira, mas sofreu um "acidente" na prisão e foi levado a um hospital, onde está sob observação.

O jogo em questão foi disputado pela fase de grupos da Copa da Federação Asiática, um torneio continental que envolve times de "países em desenvolvimento", nas palavras da própria entidade. O East Bengal é o líder do Grupo H, com sete pontos, enquanto o Tampines Rovers ocupa a lanterna, somando apenas um ponto.

Fonte: Terra