Julinho Camargo é demitido do Grêmio e Celso Roth é o alvo

Paulo Pelaipe dispensa treinador que ficou um mês e três dias no cargo



Descontente com as declarações de Renato Gaúcho, treinador que não se furtava a pedir reforços e cobrar a diretoria publicamente, o presidente Paulo Odone dispensou o maior ídolo do clube. Para seu lugar, contratou Julinho Camargo, até então auxiliar-técnico de Falcão no Inter.

Mas a experiência com Julinho Camargo não deu certo. Em um mês e três dias no cargo, Julinho disputou seis jogos e venceu apenas um. Com aproveitamento de 33,3%, empatou três e perdeu dois. Resultado? Também caiu.

Durante a madrugada desta quinta-feira, em reunião na casa do presidente Odone, o novo diretor-executivo de futebol - Paulo Pelaipe - decidiu tomar uma atitude. E a dispensa de Julinho Camargo foi acertada, embora ainda não tenha ocorrido o anúncio oficial.

Com Julinho Camargo deve cair toda a comissão técnica, incluindo o preparador físico Flávio de Oliveira. Celso Roth, eterna "bola de segurança" dos grandes de Porto Alegre, é o nome mais cotado. Antes mesmo da contratação de Pelaipe já se especulava a aproximação de Odone com o treinador.

Roth está sem clube, e já teria sido procurado pelos dirigentes do Grêmio. A ideia é definir o quanto antes a contratação para que ele possa treinar a equipe no sábado, fora de casa, contra o Palmeiras.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com