Contrato: Juninho deve renovar com o Vasco ainda esta semana

Contrato: Juninho deve renovar com o Vasco ainda esta semana

José Fuentes afirma que negociações para selar a permanência do Reizinho na Colina estão bem encaminhadas

O contrato de Juninho Pernambucano com o Vasco termina em menos de um mês. No dia 4 de julho, o Reizinho não terá mais vínculo com o clube que o projetou para o futebol. No entanto, segundo o empresário do jogador, José Fuentes, a renovação está bem perto de ser concretizada e o torcedor cruz-maltino pode receber boas notícias ainda nesta semana.

- Hoje posso dizer que todos os ingredientes estão na mesa para que a renovação possa se realizar. O Vasco, através do Roberto Dinamite, fez os primeiros passos necessários e esperamos que até o fim da semana possamos concretizar isso - afirmou o empresário nesta segunda-feira em entrevista à Rádio Brasil.

José Fuentes disse ainda que os moldes do contrato de Juninho com o Vasco devem seguir os mesmos. Assim, o jogador de 37 anos continuaria recebendo por jogo e gols marcados.

- Juninho sempre se comprometeu pelo Vasco. Ele não cobra e não é um peso econômico para o Vasco. Penso que essa situação não deveria mudar - disse Fuentes, acrescentando que os recentes atrasados no pagamento aos jogadores não teriam influência na decisão do meia de permanecer no clube:

- O aspecto mais importante para o Juninho é o ânimo de se sentir em condições físicas de jogar. No dia em que ele não se sentir assim, ele vai parar. O que não é o caso. Agora esses fatos periféricos (salários atrasados) perturbam a vida de qualquer jogador, mas não quer dizer que ele vá fechar a porta por isso.

O empresário de Juninho fez questão de parabenizar o Vasco pelos 100% de aproveitamento neste início de Campeonato Brasileiro e revelou que o meia cruz-maltino foi procurados por outros clubes brasileiros.

- Foi sondado sim e por grandes equipes do Brasil - afirmou.

Quando voltou ao Vasco, logo após o título da Copa do Brasil, Juninho deixou claro que não pretendia encerrar sua segunda passagem pelo clube sem conquistar um título. Desde que retornou a São Januário, o meio-campo de 37 anos disputou 50 partidas e marcou 14 gols. Na Libertadores, foi poupado de jogos fora de casa na primeira fase, viajando apenas nos confrontos com Lanús, na Argentina, e Corinthians, em São Paulo. No Brasileiro, disputou três dos quatro jogos da equipe até o momento, tendo marcado dois gols, um deles, um belíssimo gol de falta na vitória sobre o Bahia.

Fonte: GloboEsporte.com