Justiça manda jogador Ronaldo fazer teste de DNA

Justiça manda jogador Ronaldo fazer teste de DNA

O processo, que corre em segredo de justiça, foi movido em junho do ano passado por Michele Umezu

Ronaldo Nazário, citado em um processo de investigação de paternidade de um garoto de 4 anos que mora em Cingapura, terá que se submeter a um exame de DNA, segundo determinou o Tribunal de Justiça de São Paulo.

A decisão do juiz, publicada no Diário Oficial no último dia 19, deverá ser cumprida "com urgência". Ainda segundo o documento oficial e a legislação brasileira, se o jogador do Corinthians se recusar a fazer o exame, poderá ser considerado o pai da criança.

O processo, que corre em segredo de justiça, foi movido em junho do ano passado por Michele Umezu, de 27 anos, mãe do garoto. A jovem afirma ter tido um rápido envolvimento com o atleta em 2004, quando o jogador participou de jogos amistosos no Japão.

Ronaldo já é pai de Ronald, de 9 anos, de seu primeiro casamento, com Milene Domingues, e de Maria Sophia, de 1 ano, da união com Bia Antony ? que está grávida de 7 meses de uma menina

Fonte: Quem, revistaquem.globo.com