TJ mantém decisão, e Vasco deve pagar R$ 58 mi a Romário

TJ mantém decisão, e Vasco deve pagar R$ 58 mi a Romário

O clube de São Januário recorreu e os bens a serem penhorados ainda não foram decididos.

A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro manteve a decisão e determinou o pagamento, por meio de penhora, de R$ 58 milhões do Vasco ao ex-jogador e atual deputado federal Romário.

A ação tem origem no mês de maio de 2004, quando o então presidente cruzmaltino, Eurico Miranda, acertou com o atacante o pagamento de 150 parcelas mensais e sucessivas de R$ 150 mil referentes a direitos de imagens não pagos nas primeiras passagens de Romário na equipe carioca.

O pagamento, porém, foi efetuado apenas nos primeiros meses e, ainda assim, em quantia inferior à que ficou combinada.

Em agosto deste ano, como o Vasco não indicou nenhum bem a ser penhorado, Romário ganhou judicialmente 5% dos direitos econômicos dos jogadores Dedé, Éder Luís, Nilton e Fellipe Bastos. O clube de São Januário recorreu e os bens a serem penhorados ainda não foram decididos.

Fonte: Terra