Kaká: "Copa servirá para apagar imagem deixada em 2006"

Craque brasileiro afirmou ainda que Dunga é o principal responsável pelo bom momento da Seleção

O meia Kaká, que era um dos destaques da Seleção Brasileira na Copa de 2006, voltará a disputar um Mundial neste ano, e alimenta a esperança de sair da África do Sul com um resultado bem melhor que o obtido na Alemanha quatro anos atrás.

- Com certeza é uma grande oportunidade para apagar a imagem que deixamos em 2006 - afirmou o jogador em entrevista ao site oficial da Fifa, lembrando da eliminação do Brasil para a França nas quartas de final.

- Chegamos a três finais consecutivas entre 1994 e 2002, e o que aconteceu na Alemanha pode ser considerado normal. Foi o final de um ciclo, vários jogadores foram trocados, e a expectativa agora é de que um novo ciclo de vitórias se inicie. Espero que isso aconteça já em 2010 - afirmou.

Kaká evitou comparar o elenco atual da seleção com o da última Copa, que tinha nomes de peso como Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho e Roberto Carlos.

- A seleção de 2006 era uma equipe muito vitoriosa, que tinha conquistado muitas coisas, mas chegava ao final de uma era. O grupo deste ano tem muitos jogadores jovens. Temos muita vontade. É uma equipe que ainda tem muito para mostrar, mas estamos no caminho certo - analisou.

Para mostrar que a equipe comandada por Dunga está no caminho certo, Kaká se referiu a conquistas importantes nos últimos anos.

- Houve fases muito boas, outras nem tanto, mas conseguimos uma regularidade e terminamos em primeiro lugar. E, claro, ter conseguido a vaga contra a Argentina foi ainda mais gostoso. Mas esse não foi o único grande resultado, quebramos um tabu antigo com a boa vitória no Uruguai e, no geral, foi uma experiência extraordinária. Vencemos a Copa América, a Copa das Confederações e ficamos em primeiro lugar nas Eliminatórias, superando várias críticas - explicou.

Kaká apontou ainda o técnico Dunga como o principal responsável pelo bom momento que vive com a camisa do Brasil.

- Ele é uma pessoa muito séria, que sempre faz as coisas da maneira correta. É muito coerente dentro e fora de campo, e os resultados não poderiam ser melhores. Sua atitude séria e tranquila sempre nos ajudou a manter a calma. Além disso, como parou de jogar há relativamente pouco tempo, sabe o que jogador quer e como tratá-lo - acrescentou.

Fonte: msn