Kaká faz um gol e e dá vitória ao Real

Kaká não atuava desde 10 de março (1 a 1 com o Lyon, pela Liga dos Campeões) por causa de um problema muscular

A torcida do Real Madrid esperou 45 dias para ver Kaká em campo novamente e, em alguns sites na internet, chegou a acusar o brasileiro de estar se poupando para chegar inteiro na Copa do Mundo. Neste sábado, o craque voltou a atuar e deu a melhor resposta para calar os críticos: com apenas 15 minutos em campo, entrou bem e marcou o gol da vitória por 2 a 1 sobre o Zaragoza, fora de casa, pela 34ª rodada do Campeonato Espanhol.

Kaká não atuava desde 10 de março (1 a 1 com o Lyon, pela Liga dos Campeões) por causa de um problema muscular na coxa. Sem ele, o Real venceu Valladolid, (4 a 1), Sporting Gijón (3 a 1), Getafe (4 a 2), Atlético de Madri (3 a 2), Racing Santander (2 a 0), Almería (2 a 0) e Valencia (2 a 0), mas perdeu para o Barcelona (2 a 0) e deixou o maior rival sozinho na liderança.

Com o resultado no estádio La Romareda, o time de Manuel Pellegrini segue em segundo lugar com 86 pontos, apenas um atrás do Barcelona, faltando quatro rodadas para o término (mais cedo, o Barça bateu o Xerez por 3 a 1). O Real vai enfrentar Osasuna, Mallorca, Athletic Bilbao e Málaga, enquanto a equipe de Pep Guardiola pega Villarreal, Tenerife, Sevilla e Valladolid.

Raúl fez o primeiro do Real, e Colunga marcou para o Zaragoza. Kaká começou no banco e só entrou aos 30 do segundo tempo. Com apenas 15 minutos de jogo, Pellegrini teve que tirar Van der Vaart, contundido. Mas em vez de escolher Kaká, que joga na mesma posição do holandês, preferiu colocar Raúl em campo.

Aos 27, o camisa 7 quase marcou: após um forte de chute de direita, a bola bateu no goleiro Roberto e na trave. Em um jogo tenso na Romareda, o primeiro tempo terminou sem gols e com quatro cartões amarelos (Ponzio, Arbeloa, Eliseu e Gabi).

Na etapa final, o Real abriu o placar com apenas cinco minutos. Higuaín chutou de longe, Roberto defendeu. No rebote, Cristiano Ronaldo chutou dentro da área e o goleiro pegou de novo. A bola voltou para o português, que rolou para Raúl marcar 1 a 0.

Um minuto depois, Raúl deixou o campo, também machucado. Mais uma vez, Pellegrini preferiu deixar Kaká no banco e colocou Benzema. Logo depois, o Zaragoza ficou com um jogador a menos em campo: Contini deu uma cotovelada em Higuaín e foi expulso.

Mesmo em desvantagem numérica, os donos da casa empataram, com um belo gol de Adrián Colunga: aos 16, o atacante ganhou da defesa do Real, driblou Casillas e deixou o placar em 1 a1.

Seis minutos depois, o time de Madri acertou outra bola na trave, após cabeçada de Sergio Ramos. Aos 30, finalmente Pellegrini colocou Kaká em campo, no lugar de Gago. E a história do jogo mudou.

Logo em seu primeiro lance, o brasileiro recebeu pela direita e bateu forte, mas o goleiro defendeu. Aos 37, o craque acertou o alvo: Cristiano Ronaldo deu para o ex-são-paulino dentro da área, pela direita, e o camisa 8 bateu cruzado, rasteiro, sem defesa. Gol da vitória do Real, 2 a 1.

Na comemoração, Kaká correu para abraçar membros da comissão técnica e os jogadores no banco de reservas. Praticamente todos os atletas do Real foram celebrar com ele, como Cristiano Ronaldo.



Confira os jogos da 34ª rodada (horários de Brasília):

Sábado

Barcelona 3 x 1 Xerez

Zaragoza 1 x 2 Real Madrid

17h Valencia x La Coruña

Domingo

12h Mallorca x Málaga

Racing Santander x Villarreal

Almeria x Espanyol

Sporting Gijon x Valladolid

14h Atlético de Madri x Tenerife

16h Getafe x Sevilla

Segunda-feira

16h Osasuna x Athletic Bilbao

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com