Kaká pede perdão ao técnico do Real pelas palavras do seu assessor no Twitter

Kaká pede perdão ao técnico do Real pelas palavras do seu assessor no Twitter

A conversa entre Kaká e Pellegrini aconteceu nesta quinta-feira, um dia após a eliminação

Kaká pediu desculpas ao técnico Manuel Pellegrini pelas palavras escritas por seu assessor de imprensa, Diogo Kotscho, no Twitter. O meia afirmou estar envergonhado e garantiu que não compartilha da mesma opinião do seu contratado. As informações são do jornal espanhol "As".

Chateado com a substituição de Kaká durante o empate por 1 a 1 com o Lyon, que eliminou o time merengue da Liga dos Campeões, na última quarta-feira, Kotscho escreveu:

"Técnico covarde sempre tira um jogador cobrado para tentar desviar o foco de sua própria incompetência".

O assessor se justificou dizendo, no próprio twitter que emite suas opiniões como torcedor e que por isso não retiraria o que escreveu.

A conversa entre Kaká e Pellegrini aconteceu nesta quinta-feira, um dia após a eliminação. O técnico primeiro reuniu o grupo para dar seu apoio. Utilizou palavras fortes para levantar o moral do elenco e disse que era necessário esquecer a derrota, pois a temporada não acabou. Em seguida, o brasileiro chamou o treinador para o papo reservado.

Kaká, envergonhado, ressaltou que não tem a mesma opinião de Kotscho e que gostaria de manter a boa relação com técnico intacta e saudável, sem que terceiros pudessem prejudicá-la.

Ainda de acordo com o jornal, Kaká disse só ter tomado conhecimento das palavras do assessor depois de deixar o Estádio Santiago Bernabéu e se mostrou indignado com as pessoas que utilizaram a sua substituição para pressionar o contestado treinador.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com