Kaká preocupa médicos e pode ficar de fora da partida contra o Criciúma

Meio-campista sente dores na panturrilha direita e corre risco de não atuar contra o time catarinense, em jogo válido pela 13ª rodada do Brasileiro

A volta de Kaká ao Morumbi, contra o Criciúma, está ameaçada. O jogador tem pouco mais de dois dias para se recuperar de uma pancada que recebeu na panturrilha direita na partida contra o Goiás, domingo passado, em Goiânia. O departamento médico do Tricolor prefere adotar muita cautela sobre as condições do meio-campista para enfrentar o time catarinense, sábado, às 18h30, pelo Campeonato Brasileiro.

- Só vamos liberar o jogador para a partida se ele estiver sem dor. É um local que incomoda muito. Ele melhorou, mas ainda estamos aguardando para decidir. Vamos avaliá-lo no retorno a São Paulo - afirmou o médico José Sanchez.

Kaká empolgou o técnico Muricy Ramalho pela boa atuação que teve no Serra Dourada (fez um gol), mas não conseguiu engatar uma sequência de partidas. Por causa do incômodo muscular, ele acabou vetado do duelo diante do Bragantino, em Ribeirão Preto, pela Copa do Brasil.

O grande temor do corpo clínico é de que o problema possa se agravar caso Kaká atue sem estar 100% recuperado. Os médicos acreditam que uma piora no problema pode tirar o jogador dos gramados por até um mês, período considerado muito grande para um atleta contratado somente até o fim da temporada 2014. Questionado sobre o assunto, o técnico Muricy Ramalho preferiu mostrar cautela.

- Temos esperança de utilizá-lo, mas não posso dizer que vai jogar. É uma pancada, isso facilita (o tratamento), mas vamos esperar - disse o técnico Muricy Ramalho.

A partida contra o Criciúma seria usada pelo São Paulo para pagar o empréstimo de Kaká ao Orlando City. No contrato entre os clubes, ficou determinado que o Tricolor repassaria todo o valor da renda líquida do primeiro jogo do pentacampeão no Morumbi. Cerca de 20 mil ingressos foram vendidos antecipadamente.

Caso o armador seja vetado na próxima rodada, a chance de estrear em casa ficará para o fim de semana seguinte. No dia 10 de agosto, um domingo, o Tricolor recebe o Vitória, às 18h30.


Kaká preocupa os médicos e pode ficar fora da partida contra o Criciúma

Fonte: Globo Esporte