Keirrison encerra jejum de dois anos sem gol, e Coritiba vence líder Cruzeiro

Keirrison encerra jejum de dois anos sem gol, e Coritiba vence líder Cruzeiro

A partida, que poderia ficar marcada pelo pênalti polêmico a favor dos mineiros, acabou ganhando outros tons

O Cruzeiro perdeu a chance de abrir 12 pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro neste domingo. Jogando no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 30ª rodada da competição, o time do técnico Marcelo Oliveira foi derrotado pelo Coritiba por 2 a 1, e viu sua vantagem para o vice-líder Grêmio ? que empatou com o Internacional por 2 a 2 ? cair para nove pontos.

A partida, que poderia ficar marcada pelo pênalti polêmico a favor dos mineiros, acabou ganhando outros tons graças a um velho conhecido da torcida do Coritiba: Keirrison. Ídolo do clube entre 2006 e 2008, o atacante deixou o banco de reservas e marcou o gol da vitória no segundo tempo, encerrando um jejum de mais de dois anos sem balançar as redes.

Keirrison marcava um gol desde 5 de outubro de 2011, quando ainda atuava pelo Cruzeiro. Na ocasião, escorou cruzamento rasteiro pela esquerda e abriu o placar no empate por 3 a 3 diante do São Paulo pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Charles e Anselmo Ramon também fizeram para o time de MG naquele jogo, enquanto Cícero, Dagoberto e Juan fizeram para os são-paulinos. Dagoberto voltou a balançar as redes neste domingo, mas pelo Cruzeiro.

Com o placar no Paraná, o Cruzeiro se manteve na primeira posição do Campeonato Brasileiro, com os mesmos 62 pontos ? o Grêmio tem 53. O Coritiba, por sua vez, chegou a 37 e ganhou tranquilidade na briga contra o rebaixamento.

Em uma primeira etapa de poucas emoções no Estádio Couto Pereira, foi o Coritiba quem primeiro chegou ao gol: aos 41min, Geraldo colocou a bola na área para Carlinhos, que ganhou a defesa pela esquerda e acertou um chute com estilo para fazer 1 a 0. O resultado, porém, fez com que o Cruzeiro acordasse após o intervale e buscasse o empate.

A primeira chance azul veio em cruzamento do lateral Ceará pela direita aos 5min ? a defesa afastou mal e obrigou Vanderlei a defender. Um minuto depois, Willian cobrou escanteio e Dedé cabeceou, mas só não marcou porque o goleiro do Coritiba fez nova intervenção e espalmou para fora. Quando reagiu, o time paranaense assustou: aos 12min, Robinho chutou forte e Fábio desviou, mandando ainda no travessão.

O Cruzeiro conseguiu empatar, mas em lance bastante polêmico. Aos 16min, Willian tabelou com Éverton Ribeiro e caiu na entrada da área ? pênalti, que Dagoberto bateu e converteu. De quebra, a situação do Coritiba se tornou mais complicada após a saída de Alex para a entrada de Lincoln.

No entanto, com 28min, Carlinhos cruzou a bola pela esquerda e Keirrison, sozinho, cabeceou para fazer o segundo gol dos donos da casa. Emocionado, o atacante tirou a camisa e foi comemorar chorando com a torcida. Era o fim de um jejum de dois anos e 15 dias sem marcar gols.

No fim, Dedé teve a chance de empatar aos 43min, mas chutou cruzado para fora. Keirrison, por sua vez, foi lançado nos acréscimos, mas perdeu na corrida e não conseguiu chutar a gol. Agora, o Cruzeiro volta a entrar em campo no sábado, quando recebe o ameaçado Criciúma pela 31ª rodada às 18h30 (de Brasília). No mesmo horário, mas no dia seguinte, o Coritiba hospeda o Grêmio.

Fonte: Terra