Laor faz críticas ao pai de Neymar e afirma: "falta de caráter imperdoável"

Neymar segue brilhando com a camisa do clube catalão, mas a sua polêmica contratação é o assunto que mais interessa aos dirigente santistas.


Laor faz critica ao pai de Neymar:

Luis Álvaro fez críticas contundentes contra o pai de Neymar por conta da negociação do empresário com o Barcelona

O presidente licenciado do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, conhecido como Laor, mostrou que a discussão sobre a venda de Neymar para o Barcelona parece estar longe do fim. O dirigente cobra esclarecimentos e promete brigar pelos direitos do clube na Justiça. Neymar segue brilhando com a camisa do clube catalão, mas a sua polêmica contratação é o assunto que mais interessa aos dirigente santistas.

A indignação de Luis Alvaro com o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, é grande. "Ele negou todas as vezes que tivesse recebido um tostão do Barcelona, o que é uma demonstração de falta de caráter imperdoável na minha opinião", disse, em entrevista ao SporTV.

Quando o Barcelona mostrou sua versão dos números da contratação de Neymar, ficou em evidência o nome do pai do atacante, que teria recebido 10 milhões de euros adiantados do clube espanhol, logo depois que o Santos venceu a Libertadores de 2011.

O presidente licenciado do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, conhecido como Laor, mostrou que a discussão sobre a venda de Neymar para o Barcelona parece estar longe do fim. O dirigente cobra esclarecimentos e promete brigar pelos direitos do clube na Justiça. Neymar segue brilhando com a camisa do clube catalão, mas a sua polêmica contratação é o assunto que mais interessa aos dirigente santistas.

A indignação de Luis Alvaro com o pai do jogador, Neymar da Silva Santos, é grande. "Ele negou todas as vezes que tivesse recebido um tostão do Barcelona, o que é uma demonstração de falta de caráter imperdoável na minha opinião", disse, em entrevista ao SporTV.

Quando o Barcelona mostrou sua versão dos números da contratação de Neymar, ficou em evidência o nome do pai do atacante, que teria recebido 10 milhões de euros adiantados do clube espanhol, logo depois que o Santos venceu a Libertadores de 2011.

Fonte: Terra