‘E isso é só o começo’, diz Léo Moura após vitória sobre o Potosí

Antes de a temporada começar, Léo Moura usou as entrevistas e também as redes sociais para dizer que este era o seu ano e que iria arrebentar

Antes de a temporada começar, Léo Moura usou as entrevistas e também as redes sociais para dizer que este era o seu ano e que iria arrebentar. Depois de dar bela assistência para o gol de Luiz Antonio no jogo de ida, o lateral-direito, de 33 anos, marcou de cabeça o primeiro na vitória por 2 a 0 sobre o Real Potosí, nesta quarta-feira à noite. Foi o gol de número 40 do jogador com a camisa rubro-negra e apenas o terceiro de cabeça. E serviu como presente para a filha Isabella.

- Antes de eu ir para a concentração, minha filha Isabella pediu para eu fazer um gol e comemorar com gesto de coraçãozinho. Consegui dar esse presente para ela. Estou muito feliz. Me preparei ao máximo na pré-temporada para recuperar os meses que perdi no ano passado por conta de lesão. E isso é só o começo ? declarou Léo Moura, que deu um beijo na filha Isabella na saída do Engenhão e repetiu com a menina o gesto do coração.


Léo Moura: fôlego, pernas para brilhar e corações para distribuir

Léo Moura não marcava um gol há quase um ano. A última vez que o jogador balançara a rede fora no dia 27 de março de 2011, no empate por 3 a 3 com o Madureira no Campeonato Carioca. O jogador, que conquistou diversos títulos pelo Rubro-Negro, entre eles Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e estaduais, ainda sonha com a Libertadores antes do fim do seu contrato, em dezembro.

- Conseguimos a classificação, agora a luta será na fase de grupos. Vou lutar muito junto com o time para tentar colocar esse título no meu hall de conquistas. As coisas vão acontecer ? apostou Léo Moura.

Na saída do estádio, o lateral-direito foi cercado por torcedores, posou para fotos e ouviu de um deles:

- Arrebentou, Léo!

Além de ter feito o primeiro gol, Léo Moura deu o passe para o segundo, marcado por Ronaldinho:

- Marquei o primeiro gol com passe do Ronaldo e depois pude servi-lo no gol dele. Foi um resultado muito especial para mim.

Fonte: Globo Esporte