""Lesão da atacante Fred pode ser grave"", diz médico

""Lesão da atacante Fred pode ser grave"", diz médico

Ele deixou o estádio sem sequer conseguir caminhar e já está vetado para a partida contra o Cruzeiro

A lesão ainda não está confirmada, mas pelos indícios o futuro de Fred no Campeonato Brasileiro não é nada animador. Após voltar a sentir dores na panturrilha esquerda, a mesma onde sofreu dois estiramentos nos últimos meses, na derrota por 3 a 0 para o Santos, nesta quarta-feira, no Engenhão, pela 28ª rodada do Brasileirão, o atacante deixou o estádio sem sequer conseguir caminhar e já está vetado para a partida contra o Cruzeiro, domingo.

Depois de chorar muito no vestiário e ser consolado pelos companheiros, Fred, que não atendeu a imprensa na saída de campo, foi até o carro que o aguardava em uma das saídas do Engenhão no carro-maca. Chefe do departamento médico tricolor, Douglas Santos não se mostrou animado quanto ao problema do atacante e revelou que a ressonância magnética que será realizada nesta quinta-feira deve confirmar uma nova lesão.

- O Fred sentiu o problema na mesma panturrilha, praticamente no mesmo local, e, provavelmente, é a mesma lesão. Devemos confirmar isso no exame com imagem. Segundo ele, foi logo no início do segundo tempo. A dor vem aumentando. Pelo exame clínico (ainda no vestiário), ele está fora do jogo de domingo.

Assim como Muricy Ramalho (assista ao vídeo), o médico deixou claro que Fred estava apto a entrar em campo diante do Peixe e a nova lesão trata-se de uma infelicidade.

- O jogador estava liberado para jogar. Não o jogo todo, mas não foi combinado se seria 10, 15 ou 40 minutos. O trabalho que vinha sendo feito nos treinos exigia muito mais esforço do que no jogo, por exemplo. Ele já estava curado da lesão, fez todos os tipos de tratamento e, infelizmente, sentiu a dor novamente.

Caso seja confirmada, esta será a nona lesão de Fred em um ano e meio como jogador do Fluminense. O fato recorrente, por sua vez, não faz com que Douglas Santos desconfie de um problema crônico na musculatura do jogador.

- A princípio, não temos desconfiança de nenhuma deficiência muscular. Ele já sofreu lesões em outros clubes e ninguém descobriu nada. Já realizamos exames no Fluminense e não descobrimos nada também. Trata-se de um jogador grande e, de repente, o biótipo faz com que isso aconteça.

No período em que defende o Fluminense, Fred esteve em campo em 61 oportunidades, mas desfalcou a equipe 52 vezes (50 por lesão e duas por suspensão).

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com