"Let’s go, Fifa", vibra Joseph Blatter ao ser reeleito presidente

Sete dirigentes e cinco executivos da entidade foram presos.

Nesta sexta-feira (19) Joseph Blatter, com 173 votos, foi reeleito pesidente da Fifa diante da desistência do príncipe jordaniano Ali Bin Al-Hussein que também concorria à presidência. Em sua fala, ele prometeu 'resolver' os atuais problemas enfrentados pela entidade.

Image title

"Eu assumo a responsabilidade por trazer a Fifa de volta. Acredito que farei isto. Sou um homem persistente e muito religioso. Deus, Alá ou o que quer em que acreditemos me ajudará. Prometo a vocês que darei a Fifa em uma posição muito forte ao meu sucessor”, afirmou.

Com os braços unidos sobre a cabeça, Blatter gritou em alto e bom som: “Let’s go, Fifa! Let’s go, Fifa!”,que em português significa: Vamos.

No início da semana, pelo menos sete dirigentes e cinco executivos da entidade foram presos em Zurique, na Suíça, dentre eles o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin. Segundo o Departamento de Justiça dos EUA, eles podem pegar até 20 anos de prisão.

O escândalo, que já é considerado o maior  do futebol mundial, foi citado por Blatter que prometeu 'resolver' os problemas.

“Não vou desafiar vocês, mas temos de resolver problemas de organização dentro da Fifa. Precisamos de maior representatividade das federações, precisamos de mais mulheres, precisamos que as vozes repercutam na Fifa. Gosto de vocês, gosto do meu trabalho. Não sou perfeito, ninguém é. Então agradeço”,garantiu.

O ex-membro do comitê executivo da Fifa, Chuck Blaze, voutou a ser citado, não só por ter contribuído com as investigações, mas pela vida luxuosa que levava durante o período em que trabalhou na Fifa.

Fonte: Com informações do Terra