Lewis Hamilton ironiza Fernado Alonso e clima de rivalidade esquenta

O inglês lembrou de declarações do então companheiro na época para ironizar recentes afirmações do espanho

O piloto inglês Lewis Hamilton, da McLaren, já esquentou o clima com o espanhol Fernando Alonso para a temporada 2010 da F-1 ao ironizar declarações do rival, que vai pilotar uma Ferrari no ano que vem --se despede da Renault neste domingo, no GP dos Emirados Árabes, o último da temporada. Hamilton e Alonso tiveram problemas de relacionamento quando os dois trabalharam juntos na McLaren, em 2007.

Nesta quarta, o inglês lembrou de declarações do então companheiro na época para ironizar recentes afirmações do espanhol, que disse estar "realizando um sonho" na Ferrari. "Eu não sonho com a Ferrari. Todos que crescem mirando a F-1 escolhem um carro. Alguns querem a Jordan, o carro amarelo, outros preferem o carro vermelho, e outros o carro prata. Eu sempre disse que queria o carro prata [da McLaren]", disse Hamilton, em entrevista ao jornal alemão "Auto Motor und Sport".

"Mas me recordo que quando Fernando [Alonso] chegou aqui [na McLaren] ele sempre disse que dirigir para nós era seu sonho. Seu sonho era conduzir o carro prata também, então pode ter mais de um sonho", continuou.

Contratado da Renault pela McLaren para a temporada 2007, após levar o título em 2005 e 2006, Alonso viu sua relação com a escuderia inglesa desgastar-se rapidamente. Por diversas vezes, o espanhol declarou que Ron Dennis, ex-chefe da equipe, preferia ver o seu "protegido" Lewis Hamitlon, então companheiro de equipe, vencendo as corridas.

Antes do GP da China de 2007, Alonso chegou a dizer que a McLaren o havia boicotado no treino classificatório para facilitar o caminho de Hamilton, que poderia ser campeão em Xangai --o que não aconteceu devido ao abandono do piloto. Hamilton foi o segundo no Mundial de 2007, atrás do finlandês Kimi Raikkonen. Alonso foi o terceiro.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br