Lewis Hamilton supera marca de Schumacher e ganha pole na Malásia

Inspirado, o piloto britânico cravou 1m32s850 no treino

Depois de uma atuação apática na etapa anterior, em Cingapura, onde perdeu a liderança do munical para Nico Rosberg, Lewis Hamilton parece ter “acordado” para o GP da Malásia deste fim de semana, válido pela 16ª etapa da temporada. Inspirado, o piloto britânico cravou 1m32s850 no treino classificatório deste sábado e jogou a pressão para o companheiro de Mercedes.. O alemão errou nas duas tentativas de voltas rápidas e não conseguiu tirar a pole do tricampeão, ficando em segundo com 1m33s264, a distantes 0s414 do inglês.

Esta é a 100ª vez que Hamilton largará na primeira fila, 57 delas na pole. Além disso, seu tempo é o melhor de uma pole no Circuito de Sepang, que recebe a F1 desde 1999. A marca anterior pertencia a Michael Schumacher, 1m33s074, em 2004. A melhor volta em treinos classificatórios, porém, segue de Fernando Alonso, 1m32s582 no Q1 da sessão de 2005. Os tempos de volta caíram cerca de 3s do ano passado para cá graças ao recapeamento do asfalto e as mudanças de angulação de algumas curvas da pista.

- Um grande obrigado à equipe. Este é o melhor carro que já pilotei aqui. A volta foi fantástica, mas ainda poderia ter sido melhor - disse Lewis, que tem uma vitória e quatro poles no circuito.

 Lewis Hamilton
Lewis Hamilton

A RBR se impôs sobre a Ferrari e dominou a segunda fila com Max Verstappen em terceiro (1m33s420) e Daniel Ricciardo em quarto (1m33s467). A dupla da escuderia italiana veio a seguir, com Sebastian Vettel em quinto (1m33s584) e Kimi Raikkonen em sexto (1m33s632).

Felipe Massa foi o único piloto da Williams a avançar para o Q3. O brasileiro terminou com a 10ª posição no grid, com 1m34s671. Seu parceiro Valtteri Bottas errou no Q2 e foi eliminado na 11ª colocação. Felipe Nasr, por sua vez, caiu no Q1, em 18º, junto com seu companheiro de Sauber, Marcus Ericsson, o 17º. Completando 300 GPs neste fim de semana, Jenson Button conseguiu levar a McLaren ao Q3 e largará em nono. Já Fernando Alonso terá que partir da última colocação. O espanhol trocou diversas peças do motor, levou 45 posições de penalização e só participou do treino para “cumprir tabela”. Quem decepcionou foi a STR, que ficou apenas em 15º e 16º.

Fonte: globoesporte.com