Líder Vasco empata com Ponte Preta

O primeiro tempo no Moisés Lucarelli foi truncado e de poucas oportunidades de lado a lado

Com Wanderley Paiva como técnico interino, a Ponte Preta empatou com o Vasco por 1 a 1, neste sábado, no Moisés Lucarelli. Com o empate, a equipe campineira ampliou para três o número de jejum dos vascaínos na Série B do Campeonato Brasileiro. De quebra, a liderança ficou mais perto do Guarani, que superou o Brasiliense fora de casa e está a um ponto do primeiro lugar.

O Vasco, que lidera a Série B desde a 19ª rodada, chegou a três jogos sem vencer, depois de perder do Figueirense em São Januário e empatar fora de casa com o Bragantino. A Ponte ainda está longe do grupo de acesso, a dez pontos do quarto colocado Atlético-GO.

O primeiro tempo no Moisés Lucarelli foi truncado e de poucas oportunidades de lado a lado. Melhor no começo, a Ponte levava perigo e acertou a trave em falta batida por Fabiano Gadelha, aos 13min. Aos 19min, o lance mais polêmico do jogo: Carlos Alberto fez gol legal de cabeça após falta cobrada por Paulo Sérgio, mas a arbitragem deu impedimento.

Aos 26min, nova falta batida por Fabiano Gadelha encontrou a cabeça de Evando, que escorou para as redes, sem chances para Fernando Prass.

Após o intervalo, o Vasco seguia jogando mal, mas assustou com Aloísio, aos 4min. Porém, viu mais espaços quando o zagueiro Jean, ex-São Paulo, foi expulso aos 21min. Dorival Júnior adiantou o time, com Alan no lugar de Amaral, e foi premiado aos 31min: Elton, que veio a campo no intervalo, sofreu pênalti. Carlos Alberto bateu bem e igualou o placar.

Em seguida, o jogo seguiu morno em Campinas, sem grandes chances de perigo para as duas equipes.

FICHA TÉCNICA

Ponte Preta 1 x 1 Vasco

Gols: Ponte Preta: Evando aos 26min do 1º tempo

Vasco: Carlos Alberto aos 31min do 2º tempo

Personagem do jogo

Carlos Alberto, que fez dois gols, mas teve um anulado

Lance polêmico

Gol mal anulado de Carlos Alberto

Esquema Tático da Ponte Preta

4-4-2

Gílson; Dedé, Dezinho, Jean e Vicente; Deda, Danilo Portugal, Tinga (Marrom) e Fabiano Gadelha; Evando (Willian Favoni) e Danilo Neco (Lins)

Técnico: Wanderley Paiva

Esquema Tático Vasco

4-4-2

Fernando Prass; Paulo Sérgio, Fernando, Gian e Pará; Amaral (Alan), Nílton, Fumagalli e Carlos Alberto; Rodrigo Pimpão (Elton) e Aloísio

Técnico: Dorival Júnior

Cartões Amarelos

Ponte Preta: Lins, Jean, Dezinho, Marrom, Danilo Portugal, Tinga, Deda e Evando

Vasco: Paulo Sérgio, Fernando, Carlos Alberto, Elton e Pimpão

Árbitro

Edivaldo da Silva (PR)

Local

Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Fonte: Terra, www.terra.com.br