Flamengo: Liédson cobra salários atrasados e critica Dorival Júnior

Liédson criticou a falta de organização do clube que completou, ontem, o 15º dia sem pagar os salários referentes a setembro.

O Flamengo voltou a ficar estacionado na tabela do Brasileirão, e a derrota para o Corinthians, nesta quarta-feira, não expôs apenas o momento ruim do time dentro de campo, onde não vence há três partidas seguidas, mas também o momento conturbado do clube fora dele.

Autor do segundo gol rubro-negro, já nos acréscimos, Liédson criticou a falta de organização do clube que completou, ontem, o 15º dia sem pagar os salários referentes a setembro.

- Estão acontecendo essas coisas, mas temos de trabalhar. Uma hora vamos ter de receber. Eu dependo do salário que está atrasado igual aos dos companheiros. O Flamengo tem de melhorar fora de campo também - disparou.

Não bastasse essa situação, o Liédson perdeu espaço entre os titulares e não gostou de ter sido sacado pelo técnico Dorival Júnior. O atacante não entendeu o motivo de ter sido barrado pelo treinador nos dois treinos que antecederam o confronto contra o Corinthians.

- Tenho que respeitar a opção do Dorival, mas ele me tirou do nada, as pessoas erram - comentou.

Fonte: Extra