Liga dos Campeões! Sem quarteto, Milan vence Auxerre com show de Ronaldinho e gols de  Ibrahimovic

Liga dos Campeões! Sem quarteto, Milan vence Auxerre com show de Ronaldinho e gols de Ibrahimovic

Robinho começou a partida no banco e entrou em campo aos dez minutos do segundo tempo

Ainda não foi nesta quarta-feira que o "Quarteto de Ases" estreou pelo Milan. Mas duas das estrelas deixaram o San Siro empolgado na primeira rodada do Grupo G da Liga dos Campeões: Ibrahimovic marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Auxerre em um dia de grande atuação de Ronaldinho Gaúcho no San Siro.

Robinho começou a partida no banco e entrou em campo aos dez minutos do segundo tempo. Mas o técnico Massimiliano Allegri tirou Alexandre Pato, evitando assim a presença dos quatro craques do time em campo juntos.

Ibra, que na estreia contra o Cesena no sábado perdeu um pênalti na derrota de 2 a 0, fez a festa da torcida no San Siro com dois gols no segundo tempo. No mesmo dia em que disse que nenhum brasileiro está melhor que ele na Europa, Ronaldinho teve momentos de brilhantismo em passes de calcanhar e jogadas de efeito (incluindo a assistência para o segundo do sueco).



Na segunda rodada, dia 28, o Milan visita o holandês Ajax, que nesta quarta perdeu para o Real Madrid por 2 a 0. Na mesma data, o time espanhol pega o Auxerre na França. O primeiro clássico entre Real e Milan será em 19 de outubro, em Madri.

O time rubro-negro começou nervoso na defesa. O capitão Ambrosini deu uma vacilada logo com quatro minutos e entregou a bola dentro da área nos pés de Jellen, que chutou e Abbiati defendeu. Dez minutos depois, Ambrosini deixou o gramado, machucado, para a entrada de Boateng. E o Milan melhorou. Principalmente por causa de Ronaldinho, que passou a controlar a bola.

Aos 18, o camisa 80 deu um lançamento perfeito para Alexandre Pato. Mas o ex-colorado foi agarrado por Grichting, que recebeu cartão amarelo. Na cobrança de falta, Pirlo obrigou o goleiro Sorin a fazer boa defesa.

A chance mais perigosa do primeiro tempo foi do Auxerre. Aos 22, a bola foi cruzada na área, Coulibaly subiu ? Nesta ficou parado no chão ? e cabeceou no travessão. Em seguida, pressão do Milan. Ronaldinho começou o contra-ataque, Boateng arriscou e chutou em cima da zaga. No rebote, a bola ficou com Pato, que bateu e um jogador do Auxerre conseguiu desviar para escanteio.

O placar dos primeiros 45 minutos poderia ser diferente se o árbitro Pavel Cristian Balaj tivesse dado pênalti em Pato aos 40: o brasileiro dirblou Mignot na área e levou um golpe no rosto antes de cair, mas o juiz não deu a falta.

Com três minutos do segundo tempo, Allegri chamou Robinho para o aquecimento. Aos sete, Pirlo arriscou de fora da área após passe de Ibra, a bola bateu na zaga e saiu muito perto da trave. Logo em seguida, o ex-atacante do Santos entrou no lugar de Alexandre Pato

Em seu primeiro lance, Robinho tabelou com Boateng e foi derrubado pela direita do ataque, mas nem falta o árbitro marcou. Aos 15, a torcida do Milan perdeu a paciência após cruzamento errado de Seedorf e vaiou bastante o time no San Siro.

Mas as pazes foram feitas aos 21: ex-jogador de Juventus e Inter, Ibra marcou seu primeiro gol com a camisa rubro-negra. Após lançamento para a área, Boateng tocou de cabeça para trás e o seuco pegou de primeira, quase na pequena área.

Três minutos depois, Ronaldinho arrancou pelo meio, puxou a marcação de três rivais e rolou para Ibra, sozinho na esquerda, bater cruzado e fazer 2 a 0. Delírio dos 69.317 torcedores no San Siro.

Fonte: Terra, www.terra.com.br