Liga dos Campeões: Em jogo de reviravoltas, Barça sofre para vencer o Spartak por 3 a 2

Liga dos Campeões: Em jogo de reviravoltas, Barça sofre para vencer o Spartak por 3 a 2

Na segunda rodada do Grupo G, o Barcelona viaja a Lisboa para encarar o Benfica no Estádio da Luz

Ao ser sorteado para o Grupo G da Liga dos Campeões, o Barcelona comemorou seus futuros adversários, nenhum deles representante de um dos grandes campeonatos europeus. Na estreia pela competição continental nesta quarta-feira, porém, os catalães tiveram trabalho e por pouco não foram surpreendidos pelo Spartak Moscou no Camp Nou. Depois de sair na frente com Tello, a equipe de Tito Villanova sofreu a virada com um gol contra de Daniel Alves e outro de Rômulo. Apagado no jogo até então, Messi apareceu para salvar os donos da casa, marcando duas vezes e garantindo a vitória por 3 a 2.

O resultado já coloca os espanhóis na liderança da chave, com três pontos. Celtic e Benfica, que empataram nesta quarta-feira, ocupam a segunda posição, com um ponto. A esperada derrota deixa o Spartak na quarta colocação.

Com amplo controle da posse de bola, como é habitual, o Barcelona foi pouco ameaçado e teve que encarar um paredão russo. Os catalães tiveram sua paciência recompensada logo aos 14min, quando Xavi tocou para Tello na meia esquerda e o atacante fintou Kombarov para depois colocar à esquerda de Dykan.

Mesmo atrás no placar, a equipe dos brasileiros Rômulo, Rafael Carioca e Ari não tentou sair para o jogo e deu sequência à sua estratégia defensiva, que surtiu efeito aos 29min. O atacante nigeriano Emenike recebeu passe em profundidade pela ponta direita, ganhou de Mascherano na corrida e cruzou para a pequena área. Daniel Alves antecipou Ari e tentou o corte, mas colocou para o fundo das redes, sem chances para Victor Valdés.

A retranca montada por Unai Emery, ex-treinador do Valencia, surtiu efeito até a saída dos times aos vestiários do Camp Nou. A igualdade parcial agradava a equipe russa, que manteve a postura defensiva nos minutos iniciais da etapa complementar.

Aos 13min, Messi por pouco não recolocou os donos da casa na frente ao finalizar após belo giro na entrada da área para boa defesa de Dykan. Sem pressa, o Spartak contra-atacou trocando passes até chegar na área adversária. McGeady rolou para o brasileiro Rômulo, que se livrou de Adriano e tocou na saída de Valdés para virar o placar.

Discreto na partida, Messi não desperdiçou a segunda oportunidade de gol que caiu em seus pés. Aos 27min, Tello fez outra boa jogada pela ponta esquerda e rolou para o argentino, posicionado na pequena área, apenas empurrar para dentro das redes. O melhor do mundo, apesar dos seus 1,69 m de altura, mostrou qualidades de centroavante aos 34min, quando concluiu cruzamento de Alexis Sánchez de cabeça e garantiu a vitória.

No Celtic Park, em Glasgow, na Escócia, o Celtic recebeu o Benfica em duelo equilibrado entre duas equipes que brigam com o Spartak pela segunda posição da chave. Os portugueses tiveram menos domínio da partida, mas foram mais eficientes quando a bola esteve sob seu controle, fazendo o goleiro Foster trabalhar mais que Artur. Ambas as equipes, no entanto, não balançaram as redes e empataram por 0 a 0.

Na segunda rodada do Grupo G, o Barcelona viaja a Lisboa para encarar o Benfica no Estádio da Luz. O Spartak, por sua vez, recebe em Moscou o Celtic, no Estádio Luzhniki, na capital Moscou. Ambos os jogos estão marcados para o dia 2 de outubro.

Fonte: Terra