Messi é acusado de humilhar colega de Barça: "não é ninguém"

Messi é acusado de humilhar colega de Barça: "não é ninguém"

Outro jogador que teria sido humilhado por Messi é o chileno Alexis Sánchez.

Segundo uma reportagem do site espanhol El Confidencial, a imagem amistosa e pacata de Lionel Messi pode não ser a verdadeira face do craque argentino. A publicação acusa o melhor jogador do mundo de humilhar seus colegas de Barcelona durante jogos e treinamentos, sobretudo os jovens vindos das categorias de base.

Um dos alvos de Messi seria o atacante Cristian Tello, que supostamente ouviu do argentino frases como "O que está fazendo? Você é novo aqui, você não é ninguém" e "Me passe a bola, que você está aqui para jogar para mim". O jovem teria chegado a chorar em alguns treinos após ser cobrado de maneira mais dura pelo camisa 10.

Outro jogador que teria sido humilhado por Messi é o chileno Alexis Sánchez. A frase dita a ele teria sido: "Do jeito que você é ruim, não sei como custou tanto. Não chute tanto e me passe a bola". Sánchez foi comprado pelo Barcelona junto à Udinese (ITA) em 2011, por 26 milhões de euros (R$ 83,5 milhões).

O El Confidencial também lembra de desentendimentos que Messi teve publicamente com seus parceiros de ataque, como os próprios Tello e Alexis, além de David Villa e Isaac Cuenca, durante partidas do Barcelona. As discussões com Villa, ocorridas em jogos contra o Celta de Vigo e o Celtic na temporada passada, foram particularmente ásperas.

O site afirma, por fim, que as atitudes de Messi não vão a público por causa da "lei do silêncio" que existe no vestiário do Barcelona, e também por medo de represálias do clube. Segundo a publicação, os jogadores veteranos da equipe não defendem os novatos e reagem de forma natural às supostas humilhações sofridas pelos mais jovens.

Fonte: Folha