Luis Álvaro destaca dívida herdada do ex-presidente

Mandatário atacou o comportamento de Teixeira em relação aos processos contra o clube

O atual presidente, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, e o antigo mandatário, Marcelo Teixeira, travaram uma verdadeira batalha política para saber quem comandaria os destinos do clube no biênio 2010-2011. Luis Álvaro levou a melhor nas eleições no final do ano passado, porém, os bastidores da Vila Belmiro seguem quentes. Tudo isto por conta de uma dívida cobrada por Teixeira, criticada pelo atual presidente, que questionou duramente também a dívida herdada da antiga gestão.

- Foram R$ 71 milhões em dívidas. Esse foi o clube que eu recebi do Marcelo.

Segundo o atual chefe do executivo santista, desses R$ 71 milhões, cerca de R$ 58 milhões foram contraídos em empréstimos. Além disso, Luis Álvaro destacou que somente nos dois últimos anos, Marcelo Teixeira gastou R$ 20 milhões em juros.

- Em qualquer atividade econômica, de uma banca de camelô a uma quitanda de bairro ou uma grande multinacional, ou mesmo na vida pessoal, quem gasta mais do que ganha quebra. E o Santos vinha fazendo isso.

O presidente alvinegro também atacou o comportamento de Teixeira com relação aos processos que está movendo contra o clube, para receber os valores pessoais empregados por ele nos cofres do Santos. O antigo mandatário já conseguiu, através de ações judiciais, penhorar a Vila Belmiro e o CT Meninos da Vila, utilizado pelas categorias de base.

Essa medida irritou Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, que acusa Marcelo Teixeira de ter descumprido aquilo que havia sido acordado entre os dois.

- Nós tínhamos confiado na palavra do presidente, com quem eu falei por telefone. Ele sempre dizia que o dinheiro, devido à sua família, não era problema. Não era necessário para a sobrevivência deles; os interesses do Santos estavam acima de tudo.

Fonte: R7, www.r7.com