Suspeito de praticar racismo, Suárez pede desculpas a Evra

Nunca, nunca usei essa palavra com sentido discriminatório, mas se ofendi alguém, quero pedir desculpa por isso – afirmou o jogador


Luis Suárez pede desculpas a Evra, mas garante que não foi racista

Em um comunicado oficial, o atacante Luis Suárez, do Liverpool, pediu desculpas ao lateral-esquerdo Evra, admitindo que o chamou de negro durante duelo contra o Manchester United, em outubro. O uruguaio, que pegou oito jogos de suspensão foi e multado em R$ 115 mil pela atitude, garantiu, entretanto, que não usou a palavra no sentido pejorativo.

- Admiti à federação que disse a palavra em espanhol uma vez, e apenas uma vez, e disse aos seus membros que nunca mais iria utilizar essa palavra num campo de futebol na Inglaterra. Nunca, nunca usei essa palavra com sentido discriminatório, mas se ofendi alguém, quero pedir desculpa por isso ? afirmou o jogador.

O técnico do Liverpool, Kenny Dalglish, deu apoio ao seu comandado e achou que a punição foi excessiva e usada com a intenção de prejudicar os Reds..

- Vamos apoia-lo. Tratam-se de pessoas que, ao não conseguirem para-lo no campo de jogo, se esforçam para arranjar outros meios para isso ? disse.

Fonte: GloboEsporte