"Lula é muito mais cheinho que eu", diz Ronaldo

Eles tiveram um divertido encontro na última terça, na véspera da partida contra o Fluminense

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um dos torcedores mais fanáticos do Corinthians. E, sempre que pode rasga seda para Ronaldo que, em pouco tempo de Parque São Jorge, se tornou ídolo da torcida e foi um dos grandes responsáveis pelo título paulista de 2009.

As duas partes tiveram um divertido encontro na última terça-feira, na véspera da partida contra o Fluminense, pela Copa do Brasil. E Ronaldo deixou claro que existe uma sintonia muito forte entre as partes.

- Ele (Lula) é um cara fantástico, já fez demais pelo nosso povo. O nosso encontro foi maravilhoso, ele só queria falar de futebol. Queria descontrair naquele momento.

Ronaldo até aproveitou para brincar com o fato de o presidente chamá-lo de Fofão, um apelido carinhoso por causa do seu peso.

- Veja bem. Ele é bem mais cheinho do que eu. E ele é que me chama de fofão. Brincadeiras à parte, foi ótimo mesmo. A gente deu muita risada.

Em determinado momento do encontro, Ronaldo conseguiu finalmente sair do assunto futebol.

- Perguntei para ele em quanto tempo a gente conseguiria sair da crise. E ele deu a resposta que eu queria ouvir. Me falou que o Brasil foi um dos últimos países a sentir a crise e será o primeiro a sair dela. Eu achei essa resposta fantástica.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com