Após luta interrompida, lutador confirma fraturas no rosto

Após luta interrompida, lutador confirma fraturas no rosto

Kyle Kingsbury ficou chateado com a interrupção médica que deu a vitória para seu rival, Jimi Manuwa

Kyle Kingsbury ficou chateado com a interrupção médica que deu a vitória para seu rival, Jimi Manuwa, no duelo do UFC Inglaterra, neste sábado. Entretanto, o meio-pesado americano reconheceu que não poderia mesmo continuar no combate, já que estava com o olho esquerdo completamente fechado após os golpes que recebeu na região. Poucas horas após o a luta, Kingsbury usou seu Twitter pessoal para informar que foram diagnosticadas fraturas na área machucada.

- Foi uma boa interrupção da luta. Embora eu quisesse o terceiro round, a ressonância magnética acabou de confirmar múltiplas fraturas acima do olho e no nariz - postou o atleta.

Kingsbury acumulou sua terceira derrota consecutiva no UFC, após perder para o futuro adversário de Anderson Silva no UFC Rio III, o americano Stephan Bonnar, e para o brasileiro Glover Teixeira, que estreava no evento. O lutador americano conta com 11 vitórias e cinco derrotas em sua carreira no MMA. Após estrear no UFC com derrota, Kingsbury teve uma sequência de quatro vitórias no evento, mas as três últimas derrotas podem complicar sua situação na organização.

No último dia 24 de agosto, Kyle Kingsbury sofreu um acidente no trânsito. Atendido pelos médicos, o meio-pesado garantiu presença no evento de Nottingham (ING). O lutador havia sofrido ferimentos nos braços e costas.

Fonte: Globo Esporte