Lutador piauiense quer apoio para poder disputar mundial

O Piauí pode conquistar um título inédito no Mundial de jiu-jítsu de Abu Dhabi 2014. A promessa é o lutador Gabriel Souto

Para disputar o Mundial de Jiu-jítsu profissional de Abu Dhabi 2014, nos Emirados Árabes, o jovem lutador Gabriel Souto Maior precisa de patrocínio para custeio da viagem com pagamento de passagens e inscrição. Esta é considerada uma das mais importantes competições do mundo, e Gabriel é faixa preta experiente, já tendo conquistado alguns títulos ao longo da carreira. Agora ele pretende representar o Piauí neste mundial e trazer para nossa região este título inédito.


Lutador quer apoio para disputar mundial

A preparação de Gabriel já vem de muito tempo. Ele conta que começou focar desde o pan-americano do ano passado, quando foi campeão na categoria e vice absoluto no campeonato europeu deste ano. Infelizmente, por falta das passagens, ele não conseguiu ir. Após isso ele concentrou energias para o mundial. ?Direcionei todo meu foco para o Mundial de Jiu-jítsu profissional de Abu Dhabi que é a competição mais importante do mundo, hoje?, afirma.

Sua ida para o mundial depende de algumas seletivas que ele explica como serão: ?Para poder ir temos que passar por uma seletiva entre alguns países. Essa seletiva também é considerada a mais importante do mundo, que é a de Gramado-RS,Trial Gramado Abu Dahbi jiu-jítsu pro?. Ele frisa que apenas os 03 melhores da seletiva poderão se inscrever no mundial.

Gabriel relata que a maior dificuldade é manter um ritmo de competição, tendo em vista que na nossa região não há condições de estar frequentemente condicionado para lutar nesse nível. ? Temos sempre que viajar para podermos manter um padrão nivelado ao dos competidores do eixo Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Amazonas.

Ano passado o jovem decidiu seguir a carreira de lutador. A escolha deu frutos e ele já começou a colher bons resultados nesta trajetória. ?Larguei tudo na vida. Abdiquei de tudo pelo sonho de ser o melhor do mundo, ganhei o internacional de Fortaleza (pesadíssimo preta), fui campeão peso e absoluto nas principais competições do Piauí e Maranhão?, destaca. Inclusive no Piauiense e Maranhense foi medalha de bronze no mundial CBJJE, categoria pesadíssimo preta, e finalizando o ano sendo campeão pan-americano pesadíssimo preta e vice no absoluto preta.

Nos dia 8 e 9, Gabriel vai a São Luís tentar manter títulos no campeonato maranhense e também entrar no ritmo para a seletiva. Para ele, a ida ao mundial representa um feito inédito para o Piauí. ?Nunca ninguém aqui passou na seletiva de Gramado, muito menos um faixa preta. Tenho confiança no meu potencial, sei que vou conseguir minha vaga e representar nosso esporte no mundial Abu Dhabi 2014?, declara confiante. Vale destacar que o patrocínio deve ser disponibilizado o quanto antes, já que o campeonato já inicia dia 13.

Fonte: Vicente de Paula