Lutadora do Piauí ganhou ouro no Pan de Jiu-Jítsu

Lutadora do Piauí ganhou ouro no Pan de Jiu-Jítsu

Ela foi para a final com a paulista Giulia Savoi e venceu com um armilok.

A menina de ouro, lutadora de Jiu-Jítsu, do bairro Dirceu Arcoverde I, Isabel Cristina Soares, de 16 anos, ganha mais um ouro conseguido no Campeonato Pan-Americano de Jiu-Jítsu, realizado no final de outubro deste ano, em Brasília.

Ela foi para a final com a paulista Giulia Savoi e venceu com um ?armilok?, ou seja, finalização com chavede- braço, para alegria dos piauienses, com a faixa azul, categoria médio até 60,5 kg. A competição foi realizada no Ginásio Nilson-Setor SRPN, Eixa Monumental, Asa Norte, com a participação de 2.500 atletas e 80 delegações.

Isabel Cristina teve a sorte e a honra de receber apoio e treinamento do professor faixa-preta Naldimar, na noite anterior à luta. A garota conta que tem vários sonhos, em sua carreira de atleta, mas entre eles está o sonho de participar, em janeiro de 2012, em Portugal, do Campeonato de Jiu-jítsu. Para isso, ela irá precisar de muito patrocínio.

Mas enquanto ?Portugal não vem?, a atleta já começa a se preparar para o Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jítsu, em Santa Catarina, nos dias 26 e 27 deste mês. O campeonato será realizado no Centro Multiuso, na Avenida Beira Mar de São José, s/n.

?Com essa vitória recente, eu estou otimista em relação ao próximo campeonato, em Santa Catarina, e já me preparando para o campeonato em Portugal. Só preciso arrumar patrocínio, mas sei que irei conseguir?, diz Isabel Cristina. Ela faz questão de frisar que a Bandeira do Piauí tem espaço garantido em sua mala, durante as viagens de competições.

Aos 13 anos, a adolescente deu início a sua trajetória como lutadora de Jiu-Jítsu. Segundo a mãe da atleta, Letícia Soares, que acompanha de perto o desempenho da filha, a vida da atleta todo esse tempo tem sido, literalmente, de muita luta, mas aos poucos a garota tem conseguido mostrar sua garra em cima do tatame.

?A Isabel é uma menina determinada. Desde quando ela começou a lutar Jiu-Jítsu, ela tem se esforçado para ser a melhor, e tem conseguido, através das muitas medalhas que tem trazido para o nosso Estado, em campeonatos local e em outros Estados. Eu participo de todas as competições, como mãe e como fã?, diz Letícia Soares.

Este ano, Isabel Cristina teve apoio do próprio governador do Estado, Wilson Martins, que através da Secretaria Estadual de Educação (Seduc) forneceu as passagens aéreas e a estada, em Brasília, para que a atleta pudesse participar do Pan-Americano. E, claro, a menina de ouro fez bonito, conquistando a medalha, reluzente, tão sonhada, e vencendo a forte adversária, paulista, Giulia Savoi.

?Comecei a luta um pouco nervosa, mas aos poucos eu fui me conscientizando de que eu tinha tudo para vencer. Me concentrei ao máximo e ganhei a luta. Essa medalha é dedicada ao nosso Estado e em especial à minha família e a todas as pessoas que me dão apoio durante toda a minha vida de atleta de Jiu-Jítsu?, disse a atleta.

Fonte: Lindalva Miranda