"É uma droga e não é bom para o esporte", afirmou Anderson Silva sobre os esteróides

Na opinião do brasileiro, os atletas que forem pegos utilizando esteroides anabolizantes devem ser banidos

Ex-campeão dos pesos-médios do UFC, Anderson Silva se posicionou sobre os problemas que alguns lutadores da organização têm enfrentado com os exames antidoping mais rigorosos que estão sendo impostos. Na opinião do brasileiro, os atletas que forem pegos utilizando esteroides anabolizantes devem ser banidos imediatamente do esporte.

- Quando os caras testam (positivo) para esteroides, sem mais lutas. Quando você usa os esteroides, você os usa por um longo período, você tem um problema. É uma droga e não é bom para o esporte. (Esteroides) tornam o esporte ruim. Se você faz o esporte de uma maneira boa, você tem uma vida boa. Essa é minha opinião - afirmou o Spider, em entrevista ao "MMA Junkie".

 Anderson acrescentou que ter lutadores utilizando substâncias proibidas que servem para melhorar a performance atrapalha a imagem do UFC e afasta crianças e famílias do esporte.

- Isso não é ruim para mim, é ruim para o esporte. Pessoas no mundo inteiro amam o UFC, mas as crianças amam o UFC, e famílias amam o UFC. É ruim para o esporte. Não acho que isso é bom, porque o esporte pode mudar as vidas das crianças e das pessoas ao redor do mundo. Quando os caras testam (positivo) para esteroides, é ruim porque isso é um problema. É ruim não só para o UFC, mas para o esporte - concluiu.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte