Jones: "Depois que enfrentar Cormier, ele vai gostar menos ainda de mim"

Jones: "Depois que enfrentar Cormier, ele vai gostar menos ainda de mim"

Jones: "Depois que enfrentar Cormier, ele vai gostar menos ainda de mim"

Adversários no duelo principal do UFC 178, que acontece dia 27 de setembro, em Las Vegas, EUA, Jon Jones e Daniel Cormier trocaram socos e chutes durante evento com a imprensa nesta segunda-feira, no MGM Hotel e Cassino, sede do evento. A confusão indica que a inimizade entre os dois é algo real, como o próprio Cormier admitiu. O campeão dos pesos-meio-pesados, todavia, mantém que a rivalidade entre ambos é apenas profissional.

-Eu realmente não tenho nenhum problema com o Cormier. O fato de que vamos nos enfrentar é apenas parte do esporte. Eu tenho uma natureza muito competitiva, ele também e, no tocante a ter um rancor real, eu realmente não tenho razão para ter rancor de ninguém. Eu sou o cara que está no topo da divisão, então por que eu não gostaria dele? A verdade é que Cormier quer o que eu tenho, ele não gosta de mim e, depois que eu enfrentá-lo, ele vai gostar menos ainda - afirmou Jones em entrevista antes da encarada que iniciou a confusão.

"Bones" apareceu no evento tranquilo, mas com a expressão mais séria do que de costume. Com a barba mais comprida e usando um óculos escuro para disfarçar o corte sofrido em seu supercílio na semana passada durante um treino, ele explicou que já está recuperado da lesão.

- O meu corte está ótimo. Está sarando bem, vou tirar os pontos na sexta. Na verdade, eu deveria ter tirado ontem (domingo), mas eu tinha esse compromisso com a imprensa hoje (segunda-feira), então vou ficar com os pontos um pouco mais que o esperado.

Questionado sobre as declarações de Cormier, que disse que a relação dos dois teria se iniciado com o pé esquerdo desde o primeiro dia em que se conheceram, nos bastidores do UFC 121, em outubro de 2010, o campeão deu a sua versão dos fatos:

- Eu me lembro desse dia. Basicamente, Daniel Cormier se ofendeu porque nesse dia eu disse que eu poderia quedá-lo. Estava sendo totalmente sarcástico e ele decidiu agir como um bebê sobre essa situação.

Mas Jones não deixou de elogiar os pontos fortes do adversário, apesar de ainda se achar superior em quase todas as áreas.

- Cormier é um excelente lutador, tem muitas habilidades naturais e aparenta estar melhorando ainda mais cada vez que luta. Estou empolgado com o desafio. Já tive muitos desafios na carreira, já enfrentei muitos caras assustadores antes e acho que, quanto mais forte o lutador é, melhor eu posso vencê-lo. Estou empolgado para ter uma performance completamente dominante. Eu acho que a vantagem que eu tenho é que simplesmente sou um atleta marcial melhor do que ele. Eu me vejo dominando a luta toda em todas as áreas, vou ficar em cima dele, não importa se essa luta vai para o chão ou se vai ficar em pé. Mesmo no wrestling, eu acredito que eu vou ter uma melhor performance de forma geral - analisou.

O campeão ainda comentou as farpas trocadas nas redes sociais com Alexander Gustafsson, que ainda não cessaram, apesar de o duelo entre ambos ter sido cancelado devido a uma lesão do sueco.

- Eu ainda vou enfrentar o Gustafsson. É algo que é inevitável, vai acontecer, por isso, eu acho que qualquer "trash talk" que nós fizermos antes da luta vai ser melhor para quando o duelo realmente acontecer. Então, eu abraço essa coisa de provocar os caras que eu não vou enfrentar e os que eu vou enfrentar. É apenas diversão, entretenimento, faz parte do jogo - finalizou.


Fonte: SPORTV