Rafael dos Anjos atropela adversário e pede para disputar cinturão do UFC 1

Rafael dos Anjos atropela adversário e pede para disputar cinturão do UFC 1

O brasileiro Rafael dos Anjos derrotou o norte-americano Nate Diaz por decisão unânime dos juízes, após uma performance impecável no UFC: Cigano x Miocic, realizado neste sábado (14). Dos Anjos foi superior durante todo o combate, e devolveu em golpes as provocações do falastrão Diaz. Após a vitória, ainda no octógono Rafael dos Anjos pediu para disputar o cinturão dos leves, hoje com Anthony Pettis. O brasileiro direcionou o recado ao presidente do UFC, Dana White, e avisou que está pronto para a chance do título.


Atualmente, o brasileiro é o 3º colocado no ranking da categoria, atrás apenas de Khabib Nurmagomedov (1º) e de Gilbert Melendez (2º), que disputou o título há uma semana, no dia 6. A vitória sobre Diaz foi a terceira seguida de Rafael dos Anjos, que perdeu apenas uma luta entre suas últimas nove – o último revés foi para Nurmagomedov, em abril de 2014. Desde então, derrotou Jason High, em junho; o ex-campeão Benson Henderson, em agosto, e Diaz, neste sábado.

Rafael dos Anjos foi superior no primeiro round, acertando mais golpes e aceitando a luta em pé. No fim da primeira etapa, Nate Diaz até tentou uma chave de perna, mas o brasileiro se defendeu e escapou da posição. No segundo round, o brasileiro levou ainda mais vantagem contra o norte-americano, que demonstrou muito cansaço. Dos Anjos foi superior na trocação e na luta agarrada, e ainda abriu um corte no supercilio do adversário, que sangrou bastante e até fez a luta ser interrompida para que o médico verificasse o ferimento. Mesmo perdendo, Diaz não perdeu a pose e provocou o brasileiro, como de costume. Entre o segundo e terceiro rounds, por exemplo, fez pose de comemoração. Na última etapa, Diaz estava por baixo na luta e deu tapas na cara de Rafael, que devolveu a provocação com socos e demonstrando raiva.

Napão é nocauteado e Overeem volta a vencer

Na primeira luta do card principal, o brasileiro Gabriel Napão foi derrotado por Matt Mitrione por nocaute técnico. Napão nem chegou a usar sua especialidade, o jiu-jitsu, no qual é faixa preta. O combate foi disputado apenas em pé, na trocação, até o momento em que Mitrione acertou um cruzado, derrubou o brasileiro e acertou mais alguns golpes, até vencer por nocaute técnico. Foi a segunda derrota seguida de Napão, enquanto Mitrione somou sua terceira vitória consecutiva.

O holandês Alistair Overeem voltou a vencer, após derrotar o compatriota Stefan Struve. Overeem vinha de um revés para Ben Rothwell e havia perdido três de suas últimas quatro lutas, anteriores ao combate com Struve. O duelo terminou ainda no primeiro round: Overeem acertou uma sequência de golpes com o adversário no chão e venceu por nocaute técnico.

Curta o Portal Meio Norte no facebook

 

Fonte: UOL