Ronaldo Jacaré não descarta disputa de cinturão contra Belfort ou Weidman

Ronaldo Jacaré não descarta disputa de cinturão contra Belfort ou Weidman

Ronaldo Souza, o Jacaré, está focado para sua luta que acontece no dia 5 de setembro, contra Gegard Mousasi, mas é grande a especulação com seu nome para uma bem próxima disputa de cinturão em caso de vitória. Apesar de não querer atropelar o andamento das coisas, nem mesmo o lutador esconde que de fato está no caminho da chance e diz acreditar que só Vitor Belfort está a sua frente para desafiar o atual campeão Chris Weidman.

- Estou bem próximo desta tão sonhada disputa, estou bem ranqueado, mas antes tenho que passar pelo Musasi. Meu foco está nele, acredito que depois dele aí sim disputarei o título - disse Jacaré, que prefere não escolher adversário entre Weidman e Belfort, que lutam em dezembro. - Eu quero minha chance pelo cinturão. Não vou escolher adversário. Não sei se o Weidman vai passar pelo Vitor não sei se também o Vitor vai passar por ele. Realmente não sei o que vai acontecer nesta luta - disse Jacaré. Em caso que o título continue onde está, na mão do norte-americano, já tem quem aposte à favor do capixaba no eventual confronto.
 

O dono do Jungle Fight, por exemplo,Wallid Ismail, afirma que Jacaré vai atropelar Weidman em caso de um encontro deles. - Jacaré se pega ele, mata. Parte ele no meio. Não tenho dúvida nenhuma de que o Jacaré ganha do Weidman, mas é claro, é uma luta, um socão entrou e acabou a brincadeira - disse em entrevista recente. Jacaré, que nasceu em Vila Velha, cresceu em Cariacica e foi para Manaus com 14 anos de idade, garante que após setembro voltará ao Espírito Santo para visitar os pais, que ainda residem aqui.

Fonte: Globo Esporte