Tavares muda para não ser "anão" e esconde lesão do UFC

Ele sofreu três lesões e até escondeu uma delas para voltar a lutar

Thiago Tavares não mediu esforços para voltar a se destacar no UFC. Ele está na organização desde 2007, mas vivia uma fase irregular. Então resolveu mudar de categoria e virar peso pena, porque estava se sentindo "anão" como meio-médio. E não foi só a balança que trouxe dificuldades. Ele sofreu três lesões e até escondeu uma delas para voltar a lutar, neste sábado, no UFC Fight Night 47, contra Robbie Peralta.

Em entrevista exclusiva ao Terra, Tavares comentou que nunca sentiu diferença de força entre os meio-médios. Mas a evolução do esporte fez com que ele sentisse dificuldades para acertar golpes em atletas mais altos: "hoje em dia o pessoal baixa tanto de peso que eles têm o mesmo corpo que eu, mas muito alto. Eu sou um anão, tenho 1,70 m", brincou.

Sobre as contusões, Tavares disse que é algo normal: "a vida de atleta é sempre assim". Mas após ter problemas na costela e no joelho, ele resolveu esconder uma terceira lesão. Ele teve até que operar o joelho, mas não contou sequer para os pais, muito menos para o UFC. Ele citou esse problema ao Terra, mas só deu detalhes em um vídeo publicado no Facebook nesta sexta-feira.

"Se eu comunicar ao UFC agora, acho que não vai ser bom. É torcer para eles me esquecerem um pouquinho agora", afirmou no vídeo. Pouco depois, porém, a luta de Tavares contra Peralta foi agendada. Ele resolveu encarar o desafio mesmo assim.

Tavares ainda comentou sobre a tentativa de se eleger deputado estadual pelo PCdoB em Santa Catarina e abordou com otimismo a renovação de talentos no MMA brasileiro.

Fonte: Terra