Luxemburgo se diz reciclado para trabalhar

Treinador reconhece que ideia inicial era só treinar algum time em 2001

Na noite de 23 de setembro, Vanderlei Luxemburgo foi demitido do Atlético-MG, após sofrer goleada por 5 a 1 para o Fluminense. Na ocasião, disse que precisava de um tempo para descansar e se reciclar. Só voltaria a trabalhar ano que vem. No entanto, menos de duas semanas depois o treinador já retornou à beira do campo, ao assumir o Flamengo. E reciclado.

Pelo menos é o que assegura o técnico, apresentado nesta terça-feira (5) no Centro de Treinamento Ninho do Urubu. Apesar do pouco tempo fora do mercado, Luxemburgo, que não gostou do questionamento feito por um repórter, afirmou que os dias em casa foram suficientes para renová-lo.

- Desse jeito você me joga lá embaixo. Só falei em reciclagem. O único título que não ganhei nos últimos anos foi o Brasileiro, mas coloquei os times que dirigi na Libertadores. O Atlético-MG infelizmente não deu liga. E a reciclagem é muito rápida.

O último título nacional de Vanderlei Luxemburgo foi em 2004, dirigindo o Santos, quando conquistou pela quinta vez na carreira o Campeonato Brasileiro. Depois disso, levantou alguns estaduais, mas decepcionou nas grandes disputas.

Em 2010, iniciou trabalho no Atlético-MG esperando ter o mesmo êxito obtido em 2003 pelo Cruzeiro, quando, além de vencer o Brasileirão, também faturou a Copa do Brasil e o Campeonato Mineiro.

Até começou de forma promissora a temporada, sendo campeão mineiro e impedindo o tricampeonato do Cruzeiro. Contudo, no Nacional a equipe alvinegra acumulou fracassos e está na zona do rebaixamento.

Responsável por armar o elenco, Vanderlei Luxemburgo tinha dado sinais de que havia sentido o golpe e que sumiria alguns meses dos gramados. Foi especulado que acompanharia treinos e partidas na Europa. Porém, bastou telefonema do Flamengo para tudo mudar.

- Em uma semana já fiz uma análise das coisas que estão acontecendo, principalmente do que não deu certo no Atlético-MG. A minha ideia era mesmo ficar até o fim do ano sem trabalhar. Acho que dois meses de férias seria o ideal. Daria para curtir meu neto que nasceu recentemente. Mas a reciclagem com certeza eu já fiz.

Diante disso, Vanderlei Luxemburgo já estará à frente do Flamengo nesta quinta-feira (7), quando a equipe recebe o Atlético-GO, em Volta Redonda, às 21h.

Fonte: R7, www.r7.com