Luxemburgo se ofereceu para substituir Tite no Corinthians

Treinador foi vetado pela diretoria do Timão

Vanderlei Luxemburgo tentou na última semana, sem sucesso, retornar ao Corinthians para substituir Tite

Fontes ligadas à direção do Corinthians asseguram que, após a ida de Tite à seleção, Luxemburgo realizou contatos com o ex-presidente Andrés Sanchez a respeito da possibilidade de uma terceira passagem pelo Parque São Jorge. O nome de Luxa, que recentemente deixou o Tianjin Quanjian-CHN, não estava dentro do perfil desejado pelo clube, que assinou com Cristóvão Borges.

O próprio presidente Roberto de Andrade já admitiu a pessoas próximas, em um passado recente, que possuía forte admiração pelo trabalho de Luxemburgo. Havia o entendimento, por outro lado, de que o Corinthians necessitava de um treinador mais jovem, com energia e capaz de se inserir dentro da comissão técnica já montada anteriormente.

Por essas razões, embora fosse cotado inicialmente pelas pessoas próximas a Roberto, Luxa não despertou interesse. O clube buscou Fernando Diniz, Eduardo Baptista, Roger Machado e Sylvinho, antes de fechar com Cristóvão. 

A amizade de Luxemburgo com Andrés é antiga. No fim de 2015, o próprio treinador ligou para o ex-presidente para pedir permissão para levar Jadson consigo para o futebol chinês. Curiosamente, um dos entusiastas da contratação de Cristóvão Borges nesse momento para o Corinthians foi do mesmo Sanchez. 


Vanderlei Luxemburgo (Crédito: Folhapress)
Vanderlei Luxemburgo (Crédito: Folhapress)


Fonte: Com informações do Uol