Magoado com dirigentes, Dodô descarta retorno ao Botafogo e pode jogar nos EUA

Dodô fez o exame antidoping na partida em que o Botafogo goleou o Vasco por 4 a 0

Dodô, que teve ótimas passagens pelo Botafogo, ensaia uma volta aos gramados, mas faz mistério. A suspensão de dois anos em 2007 - pelo uso de femproporex, medicamento controlado da classe das anfetaminas, usado no auxílio ao combate da obesidade, por ser um inibidor do apetite - termina no dia 7 de novembro.

O artilheiro mostra mágoa com o Botafogo e diz que pode atuar nos EUA. "Estou conversando, mas não tem nada certo. Tenho que ver algumas coisas antes de ir para lá", afirmou o atacante, 36 anos, em entrevista à Rádio Brasil.

Dodô fez o exame antidoping na partida em que o Botafogo goleou o Vasco por 4 a 0, em 14 de junho de 2007. O sonho da torcida alvinegra de vê-lo novamente no clube esbarra na mágoa que sente dos dirigentes.

"Eu poderia ter ficado no Botafogo, ter feito um contrato mais longo. Mas perdi a confiança nas pessoas que trabalhavam lá. Por isso, saí", disse.

O jogador trocou o Botafogo pelo Fluminense sabendo que poderia ser punido. "Sabia que, se tivesse a suspensão, ficaria sem contrato. Fui para lá já esperando a punição e me planejando", lembrou.

Mesmo aos 36 anos, há dois sem jogar, o atacante não desistiu da carreira. Ele só pode atuar por um clube brasileiro em 2010, já que o período de inscrições deste ano acabou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br