"Maiores batalhas são para grandes guerreiros", diz Gabriel Jesus

Gabriel Jesus já tem destino certo com o fim do Campeonato.

Melhor jogador em atividade no Brasil atualmente, Gabriel Jesus já tem destino certo com o fim do Campeonato Brasileiro de 2016: o Manchester City. Após ligações do próprio Pep Guardiola para convencê-lo da assinatura, o craque do Palmeiras optou pelos Citizens. Em entrevista ao jornal inglês “The Guardian”, o jovem de 19 anos falou sobre o desafio que irá encarar no time inglês e ao lado do grande treinador, que já passou por Barcelona e Bayern de Munique.

"Essas mudanças não me assustam nem um pouco. Minha vida foi sempre recheada de desafios. Óbvio que esse (de jogar pelo City) é o maior, mas as maiores batalhas são sempre dadas aos grandes guerreiros. Vou ouvir todos os conselhos do técnico para melhorar dentro de campo e me adaptar da maneira mais rápida possível", afirmou.

Jesus afirmou o desejo de crescer sob o comando do treinador espanhol, que se transformou no maior lobby para ele aceitar jogar pelo City. "Foi uma decisão complicada, mas, no final, meu desejo de aprender falou mais alto. Ter o Guardiola como treinador e o fato de estar indo para um grande clube foi fundamental na minha decisão de aceitar a proposta do Manchester City. A ligação de Guardiola foi fundamental para minha decisão. Me fez perceber o quanto eu adoraria trabalhar ao lado dele. Ainda não o conheço pessoalmente, mas ele já me deixou muito confortável e seguro quanto ao projeto dele por lá", disse.

O jogador já se vê brigando por uma vaga com os atacantes do time, como David Silva e Sergio Agüero. Mas explicou que prefere jogar mais pelos lados do que centralizado e se considera “versátil”.

"Acredito que brigarei por uma vaga como atacante de lado na equipe. Na verdade, até prefiro jogar mais aberto pelo lado esquerdo do que centralizado dentro da área, mas quero deixar claro que posso jogar em qualquer uma dessas posições. Gosto que as pessoas saibam que sou um jogador versátil", disse.

Adquirido por 32 milhões de euros (R$ 115 milhões), Gabriel Jesus ainda falou sobre a infância e a sua mãe, Vera Lúcia, a principal incentivadora da sua carreira. "Minha vida sempre foi futebol, e apenas isso. Penso em futebol desde os meus seis anos de idade, costumava assistir na televisão e jogar no videogame. Eu simplesmente amo futebol", contou.

Fonte: Com Informações do Extra