"Mal interpretado", jogador pede desculpas às mulheres

Segundo o goleiro do Flamengo, sua declaração sobre a briga entre o centroavante Adriano e sua noiva foi mal interpretada.

Depois de criar polêmica no final de semana ao perguntar "quem nunca saiu de mão com a mulher", Bruno pediu desculpas públicas nesta segunda-feira, Dia Internacional da Mulher. Segundo o goleiro do Flamengo, sua declaração sobre a briga entre o centroavante Adriano e sua noiva foi mal interpretada.

"Fui muito mal interpretado. O termo que usei talvez não foi o certo. Talvez, se eu usasse outro, seria a palavra correta. Peço desculpas a todos. Hoje é o dia das mulheres. Tenho filha, ela vai crescer e virar mulher um dia. Todas as mulheres do Brasil merecem respeito e carinho", desculpou-se o arqueiro.

A polêmica começou na sexta-feira, quando Adriano faltou ao treinamento por ter brigado com a noiva diante de outros jogadores do Flamengo, entre eles Bruno. Segundo a imprensa carioca, Joana Machado teria arremessado pedras em direção aos carros dos atletas e trocado agressões com o atacante.

Questionado sobre o assunto no sábado, após a vitória sobre o Resende, Bruno declarou o seguinte: "Qual de vocês (jornalistas), que é casado e nunca brigou com a mulher? Que nunca discutiu e que nunca até saiu na mão com a mulher. Não tem jeito: briga de marido e mulher, ninguém mete a colher".

Nesta segunda, além de pedir desculpas "a todas as mulheres do Brasil", o jogador disse que não se referia especificamente ao caso da briga de Adriano com Joana Machado. Também nesta segunda, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, fez uma série de homenagens às funcionárias do clube.

Fonte: Terra