Manchester vence o Hull por 4 a 3 no Campeonato Inglês

Com o resultado, os Diabos Vermelhos chegaram aos 21 pontos ganhos

O ca?ula Hull, surpresa do Campeonato Ingl?s, mostrou que n?o est? na Primeira Divis?o para brincar. Mesmo atuando em Old Trafford, o time do brasileiro Geovanni fez um jogo dur?ssimo com Manchester United. Perdeu por 4 a 3, mas honrou a camisa e mostrou que ser? um advers?rio duro a ser batido nesta temporada.

Com o resultado, os Diabos Vermelhos chegaram aos 21 pontos ganhos, se aproximando dos l?deres e entrando definitivamente na briga pela lideran?a.

E a situa??o do Hull, apesar de ainda ser boa, j? que possui 20 pontos, come?a a preocupar o t?cnico Phil Brown, pois o time perdeu a segunda partida seguida, se afastando do topo da tabela de classifica??o.

Cristiano Ronaldo deu um banho de ?gua fria nos visitantes logo no terceiro minuto. Ap?s m? finaliza??o de Berbatov, ele chutou cruzado. A bola passou pelo goleiro Myhill e tocou na trave antes de entrar. O gol assustou o Hull, que demorou para se encontrar na partida. Deu sorte, pois deveria ter sofrido outros. Mas aos 23, a equipe do brasileiro Geovanni aproveitou jogada de bola parada, sua principal arma, para igualar o confronto. Cousin desviou ap?s cobran?a de Dawson e venceu Van der Sar.

Ao contr?rio do que havia acontecido com o Hull, o Manchester n?o sentiu o golpe. Com toques de primeira e jogadas em velocidade nas costas da zaga advers?ria, o time da casa precisou de apenas seis minutos para passar novamente ? frente no placar. Berbatov coloca Fletcher de frente para Myhill. O escoc?s tirou do goleiro, fazendo a galera explodir.

O Manchester United seguiu na press?o, sem dar chances para o Hull pensar em empate. Antes do intervalo, Cristiano Ronaldo fez o seu segundo gol ao desviar de cabe?a uma cobran?a de escanteio.

No segundo tempo, os Diabos Vermelhos administraram o resultado. Mas sempre pensando no ataque. O t?cnico Alex Ferguson sacou o meia Nani e lan?ou o atacante Tevez, na tentativa de motivar o argentino (ele tem ficado no banco desde a chegada de Berbatov). O time ficou ainda mais criativo e passou a criar boas chances. Aos 11, o zagueiro Vidic aumentou a diferen?a, tamb?m ap?s escanteio.

A rea??o seria dif?cil. Perder por tr?s gols de diferen?a para o Manchester, fora de casa, e ainda pensar no empate ? algo complicado, mas o Hull n?o desistiu. ? um time brioso, comandado pelo meia Geovanni. Aos 24, o esfor?o dos visitantes foi recompensado quando Evra falhou ao tentar contar lan?amento. A bola sobrou para Mendy, que tocou por cima de Van der Sar. E aos 35, Cousin foi derrubado na ?rea por Ferdinand. Geovanni cobrou bem, fazendo o terceiro do Hull e deixando a partida emocionante.

Os dez minutos finais foram emocionantes, Imprevis?veis. Jogadas duras, marca??o e chances de gol. As torcidas cantavam na arquibancada, na tentativa de fazer a diferen?a no gramado. O Manchester se encolheu e foi pressionado, mas conseguiu segurar a vit?ria.

Resultado deste s?bado

Everton 1 x 0 Fulham

Chelsea 5 x 0 Sunderland

Manchester United 4 x 3 Hull

Middlesbrough 1 x 1 West Ham

Portsmouth 1 x 2 Wigan

Stoke City 2 x 1 Arsenal

West Bromwich 2 x 2 Blackburn

Fonte: Globo Esporte