Mania no Brasil, "paradinha" é proibida pela Fifa

Mania no Brasil, "paradinha" é proibida pela Fifa

A Fifa se reuniu nesta terça-feira com a International Football Association Board (IFAB) para discutir novas propostas e regras para o futebol. O as

A Fifa se reuniu nesta terça-feira com a International Football Association Board (IFAB) para discutir novas propostas e regras para o futebol. O assistente adicional e a paradinha foram os assuntos mais discutidos no encontro.

Sobre o lance que se tornou comum em cobranças de pênaltis, as entidades disseram que o atacante não poderá mais usar do recurso para enganar o goleiro. Assim, o cobrador ainda poderá fintar o goleiro, desde que seja no meio do percurso até a bola e não no fim da corrida.

A nova emenda na Regra 14, a do pênalti, diz que "fintar o goleiro durante corrida em direção a bola é permitido, no entanto, fingir chutar a bola uma vez que o jogador completou a corrida é considerado ilegal de acordo com a regra 14 e a atitude antidesportiva fará o jogador ser punido".

A jogada é pouco explorada no futebol europeu, mas no Brasil causou muita polêmica. Segundo críticos e jogadores, o lance costuma deixar o goleiro ainda mais vendido no pênalti, em que o cobrador já leva mais vantagem que o defensor.

Outra novidade será em relação a escalação de um assistente adicional, que ficará em teste durante dois anos na Liga Europa. Após esta data, será definido se a equipe de arbitragem passará ou não por essa mudança.

Fonte: Terra