Estreante na seleção, Borges diz que oportunidade é chance única

Para a partida de volta do Superclássico das Américas, Mano contava com Borges e Fred para a posição de atacante de referência


Mano confere caráter de

Estreante na seleção brasileira, o atacante Borges encara a oportunidade como titular contra a Argentina nesta quarta-feira em Belém como uma espécie de chance única. O técnico afirmou que deseja ver o jogador do Santos no clássico em ação porque depois, quando em breve a equipe voltar a contar com atletas de fora do país, ele não estará mais presente.

Para a partida de volta do Superclássico das Américas, Mano contava com Borges e Fred para a posição de atacante de referência. Mas como o treinador relacionou o goleador do Fluminense para os compromissos contra Costa Rica e México (dias 7 e 11 de outubro), a estratégia foi testar o santista artilheiro do Brasileirão já em Belém.

?Minha escolha é pelo Borges, trazendo ele para este jogo da Argentina. Quero aproveitar a oportunidade de vê-lo, pelo momento reconhecidamente bom que ele atravessa, não é nenhum sacrifício especial. O Fred está convocado para os próximos jogos e vai jogar contra a Costa Rica e o México logo ali na frente?, afirmou Mano, oficializando a oportunidade do artilheiro santista.

Na terça-feira, Borges treinou na equipe titular ao lado de Neymar e Lucas entre os atacantes. Antes, na concentração, passou pelo tradicional ritual de batismo da seleção para os estreantes, encarando um discurso na frente de seus companheiros.

Depois de um primeiro semestre difícil pelo Grêmio, com desavenças com o então técnico Renato Gaúcho e falhas em momentos decisivos, o baiano Humberlito Borges Teixeira (perto dos 31 anos) reencontrou o melhor de seu futebol na Vila Belmiro. É atualmente o artilheiro do Brasileirão com 19 gols, seis gols à frente de Ronaldinho Gaúcho e de Leandro Damião.

E a oportunidade ?vai ou racha? de Borges nasceu justamente da lacuna criada pela ausência de Damião, o atual camisa 9 preferido do comando técnico da seleção. O atacante do Internacional só não foi convocado em razão de uma lesão sofrida em um jogo do Brasileiro.

Fonte: uol.com