Mano Menezes de olho nos brasileiros da Inter de Milão

Mano Menezes de olho nos brasileiros da Inter de Milão

Lúcio, Maicon e Júlio César já conversaram pessoalmente com o treinador sobre seleção

No encontro que teve com os jogadores da Inter de Milão, em outubro, o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, disse que não os esqueceu. O goleiro Júlio César, o lateral-direito Maicon e o zagueiro Lúcio não foram mais convocados desde a derrota do Brasil para a Holanda, em julho, pelas quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul.

"O Mano foi claro e disse que não se esqueceu de ninguém e que todos podem ter oportunidade se o trabalho no clube estiver bem feito. Eu ainda sonho com a seleção brasileira, não acho que encerrei minha participação?, disse Lúcio, de 32 anos, capitão da equipe comandada por Dunga no mundial africano. Os atletas conquistaram neste sábado em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o Mundial de clubes da Fifa. A Inter de Milão venceu o Mazembe, da República Democrática do Congo, por 3 a 0.

Os três foram titulares na Copa e Mano Menezes, quando assumiu, prometeu uma renovação. Dos 11 principais atletas de Dunga na África do Sul, somente Robinho continua como titular. No gol está jogando Victor, do Grêmio, na lateral direita Daniel Alves, do Barcelona, e a zaga está sendo formada por Thiago Silva, do Milan, e David Luiz, do Benfica.

?A conversa foi boa, ele deixou tudo em aberto para as próximas convocações?, disse Júlio César. Com a insistência da reportagem em saber se Mano prometeu convocá-lo para o próximo amistoso, dia 9 de fevereiro de 2011 contra a França, em Paris, o goleiro sorriu ?Vamos esperar, vamos esperar?, disse o arqueiro de 31 anos.

Fonte: IG