Mano Menezes diz que não enxerga Seleção atuando da mesma forma que Espanha; veja!

Mano Menezes diz que não enxerga Seleção atuando da mesma forma que Espanha; veja!

O treinador, porém, afirmou que algumas mudanças já estão em andamento

Depois de assistir à goleada da Espanha por 4 a 0 sobre a Itália na final da Eurocopa, o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, afirmou que não enxerga a sua equipe atuando da mesma forma que a campeã europeia. O treinador, porém, afirmou que algumas mudanças já estão em andamento e, um dia, a Seleção poderá jogar como a Fúria.

- Transformações têm etapas e não dá para chegar a esta etapa, a mais radical de todas, da noite para o dia. Estamos, primeiro, tentando adiantar a marcação. Isso te expõe mais, você joga mais dentro do adversário e, assim, as suas falhas custam mais caro. Precisamos trabalhar isso, para os nossos erros custarem menos caro. O toque de bola também é importante, o futebol brasileiro perdeu um pouco a paciência de tocar a bola. Depois, quem sabe, podemos tirar o nosso nove - disse o treinador.

Na decisão, a Espanha entrou em campo sem um atacante de ofício. O jogador mais avançado era o meia Fàbregas. Para Mano Menezes, a movimentação dos espanhois permitiu essa alteração, mas as vitórias também têm papel fundamental.

- Quando você ganha, a confiança aumenta de tal maneira que você monta a sua equipe de maneiras diferentes sem perder a identidade. O time não tem um atacante e ataca o tempo todo, é um paradoxo do futebol que a Espanha montou. O segredo é encontrar a sua maneira, que se adapte aos seus jogadores.

Fonte: Globo Esporte