Mano Menezes pode convocar Ronaldinho contra a Argentina

Mano Menezes pode convocar Ronaldinho contra a Argentina

"Se a seleção precisar, podem ter certeza que estes jogadores [mais experientes] serão chamados. Precisamos disso", comentou Mano

Além da partida contra a China, os bastidores da seleção brasileira estão movimentados para outro evento da noite desta segunda-feira em Recife. Após o amistoso no estádio do Arruda, Mano Menezes irá divulgar a lista dos convocados para o Superclássico contra a Argentina nas próximas semanas. Depois do treinador abrir as portas para o retorno de "veteranos" à equipe em coletiva do último domingo, a tendência é que Ronaldinho apareça entre os selecionados.

"Se a seleção precisar, podem ter certeza que estes jogadores [mais experientes] serão chamados. Precisamos disso", comentou rapidamente, se esquivando de maiores detalhes sobre a convocação desta segunda.

A reportagem do UOL Esporte apurou que o técnico estaria disposto a dar mais uma chance ao Gaúcho, principalmente após as boas atuações pelo Atlético-MG no Campeonato Brasileiro. Durante a estadia da seleção em Recife, Mano ouviu de algumas pessoas próximas que Ronaldinho já merecia nova chance e acenou positivamente à ideia.

Preterido na lista para os Jogos Olímpicos de Londres, o jogador poderá voltar à seleção após mais de seis meses. A última vez que o camisa 10 vestiu a tradicional camisa amarela foi no amistoso contra a Bósnia, no final de fevereiro.

Bernard na mira

Outro destaque do Campeonato Brasileiro que pode surgir na convocação para os confrontos com a Argentina é o meia Bernard, também do Atlético-MG. O jovem que completou 20 anos no último sábado e comandou mais uma vitória do time mineiro no domingo tem sido muito elogiado por membros da seleção brasileira.

As presenças de Bernard e Ronaldinho ganham ainda mais força pelo fato da lista desta segunda contar apenas com jogadores que disputam no Brasil. A medida é adotada desde o ano passado, quando o tradicional Superclássico com a Argentina voltou a ser disputado. As duas maiores seleções do continente se enfrentam em partidas de ida e volta nos dias 19 de setembro, em Goiânia, e 3 de outubro, na cidade de Resistencia.

Fonte: UOL