Mano Menezes reclama do ataque: "Fomos lentos e óbvios"

"Faltou força ofensiva principalmente no segundo tempo", disse o treinador brasileiro logo no começo da entrevista coletiva

O técnico Mano Menezes reclamou do ataque depois do empate por 0 a 0 com a Venezuela, em La Plata, na estreia das equipes na Copa América da Argentina.

A seleção brasileira pouco deu trabalho para o goleiro venezuelano na primeira partida oficial sob o comando de Mano, que substituiu Dunga em julho do ano passado.



"Faltou força ofensiva principalmente no segundo tempo", disse o treinador brasileiro logo no começo da entrevista coletiva.

"Chegamos bem até a intermediária ofensiva. Em alguns momentos fomos lentos e em outros momentos jogamos de forma óbvia", disse. "Precisamos melhorar neste aspecto."

Na segunda etapa, Mano acabou tirando Robinho e colocando Fred aos 15minutos. Aos 30min, o treinador tirou Alexandre Pato e botou Lucas, mas em vão.

"O resultado foi ruim, mas surpresa não existe mais no futebol", disse Mano, na entrevista dada na chamada zona mista, onde comissão técnica e jogadores passam após a partida.



Fonte: Folha Online, www.folha.com.br