Mano minimiza desfalque de Ronaldo

Como exemplo, o técnico Mano Menezes usa a derrota por 3 a 2 para o Atlético-PR, pelas oitavas da competição nacional

Mais do que se aproximar da vaga na final da Copa do Brasil, o Corinthians quer provar nesta quarta-feira, contra o Vasco, às 21h50m, no Maracanã, que pode viver sem Ronaldo. Com uma contratura na panturrilha direita, o Fenômeno foi vetado pelo departamento médico e está fora do duelo no Rio de Janeiro.

Como exemplo, o técnico Mano Menezes usa a derrota por 3 a 2 para o Atlético-PR, pelas oitavas da competição nacional. O Fenômeno foi a campo logo no início, mas o Timão acabou atropelado na etapa inicial, perdendo por 2 a 0. No segundo tempo, sem o craque, o Alvinegro sofreu o terceiro nos primeiros minutos, porém, reagiu e amenizou o tropeço.

- Há poucos dias, o Ronaldo estava em campo e perdemos o primeiro tempo por 2 a 0. Só fomos diminuir o placar sem ele. Não podemos ser oportunistas dizendo que o Corinthians não vai jogar bem porque o Ronaldo não jogou. O Ronaldo é importante, mas o Corinthians é mais importante ? afirmou.

Desde que estreou pelo Corinthians, em março, Ronaldo disputou 16 jogos. Neste período, o Timão obteve 68% dos pontos. Sem ele em campo, o rendimento do Alvinegro é um pouco inferior: 53%. Mano Menezes, porém, prefere ignorar os números.

- Não é correto estabelecer comparações. Temos uma trajetória sem o Ronaldo. Já ganhamos muitos jogos sem ele. Acho que ele é um jogador extremamente importante para nós, mas vamos conviver sem ele e resolver nossos problemas sem ele ? completou.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com