Mano Menezes nega contato com CBF mas admite pensar caso o convite seja feito

Mano Menezes nega contato com CBF mas admite pensar caso o convite seja feito

Mano nega contato, mas já admite: "Se receber o convite, vou pensar" Treinador volta a garantir que não foi procurado pelo presidente da CBF, porém,

Mano Menezes não consegue fugir das perguntas sobre a seleção brasileira. Principal nome para assumir o lugar que era de Dunga até a Copa do Mundo da África do Sul, o treinador do Corinthians reafirmou após a derrota para o Atlético-GO, nesta quarta-feira, no Serra Dourada, que não foi procurado por ninguém da CBF, mas, pela primeira vez, admitiu que pensaria no assunto caso fosse convidado por Ricardo Teixeira.

- Não tenho convite para ir para a seleção. Então, estou no Corinthians. Não sei como as coisas funcionam na CBF. Não cabe análise por parte dos treinadores. A única coisa que posso dizer é que não recebi o convite. Não posso me posicionar para lá ou para cá. Se receber o convite, vou pensar no assunto – afirmou.

Mano Menezes acredita ser verdadeira a declaração do assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva. Nesta quarta-feira, ele garantiu que Ricardo Teixeira ainda não entrou em contato com nenhum treinador, mas revelou que o anúncio do novo comandante será feito na sexta-feira. - Essas coisas (convites) não se esconde de jeito nenhum. Se alguém tivesse recebido, vocês (jornalistas) já saberiam – acrescentou.

O treinador garante que vem tentando não alterar sua rotina por conta do assédio ou pela expectativa pelo anúncio do novo técnico. - Tenho procurado me manter como exatamente tenho que me manter. Estou no comando do Corinthians. Tenho que ter a atenção voltada oos profissionais que estou comandando e respeitar o torcedor do meu time. O resto, leio e ouço. Mas para nós só vale o fato. E não existe fato. Existe especulação – completou.

Fonte: g1, www.g1.com.br