Mano pede garantia por reforços e R$ 700 mil para aceitar convite do Fla

Mano Menezes está animado com o convite do Flamengo para comandar o time na sequência da temporada

Mano Menezes está animado com o convite do Flamengo para comandar o time na sequência da temporada. O treinador, porém, fez algumas exigências para aceitar o convite feito pela diretoria rubro-negra ainda na última quinta-feira, dia da demissão de Jorginho.

Primeiramente, o treinador cobrou da cúpula de futebol do Flamengo que o clube terá reforços de peso na janela internacional do meio do ano. Mano não quer correr o risco de ter um elenco limitado, como o atual, e se ?queimar? no primeiro trabalho desde que deixou a seleção brasileira.

Apesar da promessa de mudanças na gestão do departamento de futebol, a nova diretoria do Flamengo insiste em repetir alguns erros de administrações passadas. E foi assim nas escolhas e demissões de técnicos para esta temporada. A cúpula rubro-negra não ?acertou a mão? na mudança de treinador no início do ano, demitiu Jorginho e o clube terá seu 5º técnico em 18 meses.

Em seguida, Mano exigiu um alto salário ? cerca de R$ 700 mil. Enquanto recebeu uma sinalização positiva sobre o pedido por reforços, a segunda exigência ainda está sendo resolvida. O Flamengo tenta convencer o treinador a aceitar vencimentos mais baixos, na casa dos R$ 500 mil mensais.

O valor oferecido pelo rubro-negro é o dobro do que recebia o ex-técnico Jorginho, que tinha R$ 250 mil de salário e fazia parte de uma política da diretoria de reduzir o custo dos técnicos. Sem resultados, porém, a cúpula do futebol resolveu que era hora de voltar a investir em treinadores caros.

E Mano Menezes, preferido desde a queda de Dorival Júnior, em março, foi imediatamente procurado. Uma definição sobre o caso, porém, só deverá ocorrer após o jogo contra o Criciúma, neste sábado.


Mano pede garantia por reforços e R$ 700 mil para aceitar convite do Fla

Fonte: UOL