Marcos Assunção não consegue renovar contrato com o Verdão

O empresário do atleta, Ely Coimbra Filho, afirma que outros clubes da Série A já procuraram o jogador.

A paciência do volante Marcos Assunção está acabando. Sem contrato com o Verdão desde o dia 31 de dezembro, o atleta ainda não chegou a um acordo com a diretoria sobre a renovação do vínculo. As conversas tiveram início em agosto e chegaram a ser interrompidas durante o período em que o jogador esteve lesionado e o Palmeiras brigava para não cair no Brasileiro. Após a queda ser decretada, as reuniões recomeçaram, mas o martelo ainda não foi batido.



O empresário do atleta, Ely Coimbra Filho, afirma que outros clubes da Série A já procuraram o jogador. O prazo inicial dado pelo representante do atleta ao Verdão era 31 de dezembro. Mas Assunção intercedeu e deu mais uma semana. O novo prazo acaba neste sábado.

Na quinta-feira, enquanto o elenco realizava as primeiras avaliações físicas, Marcos Assunção esteve reunido com o presidente Arnaldo Tirone e com o gerente de futebol, César Sampaio. Na manhã de sexta, houve outra conversa.

? Ainda estamos trocando propostas. Existem algumas particularidades que precisam ser discutidas, como bônus, premiações, entre outras coisas. O novo prazo acaba no dia 5. Mas, se estivermos perto do fechamento, não vejo problema em aumentar esse prazo em um ou dois dias. Torço muito para que ele permaneça ? afirmou Sampaio.

Clube e jogador já acertaram um aumento salarial. Atualmente, o jogador recebe por volta de R$ 250 mil mensais. Nesta sexta, após se reunir com a diretoria, o meio-campista fez um trabalho físico na sala de musculação.

Sampaio afirma que, caso o contrato seja renovado, Assunção voltará imediatamente a defender o Palmeiras. No segundo semestre do ano passado, o veterano atuou no sacrifício por causa de um problema no joelho direito. Ele precisaria ficar parado para tratar, mas preferiu seguir em campo mesmo sem estar 100% para ajudar os companheiros.

? Isso não nos preocupa. Ele está totalmente recuperado, nosso departamento médico já deu o aval. Todo contrato com grande jogador demora mesmo para acertar. Ele é o nosso capitão, um cara que exerce bastante liderança no grupo. Espero que possa continuar ? ressaltou Sampaio.

Marcos Assunção segue sem dar entrevistas. Ele só irá se pronunciar quando o caso tiver um desfecho.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com